PUBLICIDADE
Noticia

Em Reriutaba, mulher morre à espera de transferência para unidade com leito de UTI

Fátima Vapor era do município de Reriutaba e deveria receber atendimento no Hospital Regional do Norte, em Sobral

14:16 | 12/03/2021
Hospital Regional Norte (HRN) em Sobral  (Foto: TATIANA FORTES/GOVERNO DO CEARÁ)
Hospital Regional Norte (HRN) em Sobral (Foto: TATIANA FORTES/GOVERNO DO CEARÁ)

Fátima Vapor, moradora do município de Reriutaba, morreu enquanto esperava uma vaga de leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A paciente veio a óbito na última quarta-feira, 10, às 5h da manhã, segundo informações do Hospital Municipal Rita do Vale Rego.

Um dia antes, a paciente procurou atendimento na unidade hospitalar da região após apresentar sintomas graves da Covid-19, como insuficiência respiratória. No dia seguinte, o Hospital requereu sua transferência para o hospital Regional Norte. De acordo com os profissionais, não foi possível concretizar a ação por falta de falta de vagas na unidade.

A resposta que a unidade de saúde recebeu foi que não havia mais vagas de leitos de UTI. “Uma médica no HRN explicou que o Hospital estava super lotado. A médica também disse que a unidade estava sem oxigênio”, conta um membro da equipe de saúde que acompanhou a paciente e preferiu não se identificar.

“Infelizmente a Covid-19 é um furacão para todo mundo”, lamenta o profissional, que destaca ainda as dores e o caos enfrentados pelas famílias das vítimas do coronavírus e pelas equipes de saúde que atuam no combate à doença.

Em nota, o Hospital de Reriutaba diz que o óbito ainda está sendo investigado. "A paciente veio a óbito com sintomas de insuficiência respiratória grave. É necessário expor que com o agravamento do estado clínico foi requerido a regulação para Hospital de Referência, mas não concretizada por ausência de vagas. O óbito está sendo investigado, tendo sido realizado exame SWAB aguardando o resultado pelo LACEN".

LEIA MAIS | Lockdown no Ceará: veja um panorama da situação da covid-19 no Estado

Camilo decreta lockdown em todo o Ceará a partir de sábado

Reriutaba está situada no Norte do Estado. O prefeito da Cidade, Pedro Humberto Marques, por meio do decreto municipal, determinou o início do isolamento no último dia 8, seguindo até o dia 21 de março.

O Município foi um dos que aderiram ao lockdown, antes mesmo do anúncio do decreto de isolamento social rígido para todo o Estado do Ceará feito na quinta-feira, 11, pelo governador Camilo Santana (PT) e o secretário da saúde do Estado, Dr. Cabeto.

A Gestão Municipal de Reriutaba alega que as medidas foram tomadas para reduzir a velocidade de propagação da doença

Procurado, o Hospital Regional do Norte (HRN) relatou não haver informações sobre o caso. A plataforma Integra SUS mostra que o nível de internações em Sobral por causas respiratórias registra o nível 4, de alerta altíssimo. Além disso, o percentual de leitos UTI-Covid ocupados é de 93,5%.