PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Quixadá terá testagem drive-thru e volta a restringir bebidas alcoólicas

As medidas do novo decreto foram decididas na reunião entre o prefeito e o Comitê Especial de Enfrentamento da Covid-19 (CEEC) do município.

22:45 | 08/03/2021
Segundo a gestão do município, a restrição anterior no consumo de bebidas provocou um efeito positivo no combate às aglomerações.  (Foto: Prefeitura Municipal de Quixadá / Reprodução)
Segundo a gestão do município, a restrição anterior no consumo de bebidas provocou um efeito positivo no combate às aglomerações. (Foto: Prefeitura Municipal de Quixadá / Reprodução)

Quixadá restringe venda e consumo de bebidas alcoólicas por mais dez dias. A decisão foi oficializada nesta segunda-feira, 8, pelo prefeito Ricardo Silveira como forma de conter a disseminação do vírus da Covid-19 no município. No novo decreto, também consta a implementação de pontos de testagem drive-thru com distribuição de máscaras e a redução no horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais.

De acordo com a prefeitura, em casos de flagrante de consumo ou da venda de bebidas, seja ela em via pública ou mesmo em residências, será aplicada multa pessoal que pode variar de R$ 100 a até R$ 1.000. Estabelecimentos que forem flagrados comercializando bebidas alcoólicas serão autuados e o alvará de funcionamento poderá ser suspenso por até 30 dias. Já em casos de flagrante em casa particular, a multa vai para o proprietário do imóvel.

Apesar de não ter decretado estado de lockdown, o prefeito Ricardo Silveira não descartou a possibilidade caso a situação de contágio no município fique mais crítica. De acordo com a gestão, serão distribuídos kits com medicamentos para o tratamento precoce dos pacientes que testarem positivo — a medida foi recomendada pelo Comitê Especial de Enfrentamento da Covid-19 (CEEC), que participou de reunião com a administração municipal. A prefeitura intensificará ainda a divulgação de medidas educativas por meio de carro de som.

LEIA MAIS: Com 30 novos leitos no Interior, Ceará ultrapassa a marca de 3 mil leitos UTI e enfermaria

Ainda, o horário de funcionamento do comércio passa a ser até às 17h, todos os dias, com volta de funcionamento somente às 5h da manhã do dia seguinte. Restaurantes e demais estabelecimentos para alimentação encerram suas atividades às 15h com volta às 5h do dia seguinte. O toque de recolher permanece das 20h às 5h do dia seguinte em dias da semana, e a partir das 19h até às 5h do dia seguinte nos fins de semana.

Continuam proibidas a restrição de público em centros e espaços religiosos, organização de filas em estabelecimentos bancários, fiscalização e rodízio nos transportes da zona rural, proibição de carros de som volantes e no estilo paredão. A obrigatoriedade no uso de máscaras permanece em vigor.

Quixadá possui 4.788 casos totais de contaminação por coronavírus, sendo 12 os casos de internações atualmente em centros médicos do município. De acordo com Ricardo Silveira, o apoio da população é importante. "Estamos fazendo de tudo para não decretar o lockdown, mas precisamos contar com esse apoio. As medidas que estamos tomando de nada vão adiantar se não tivermos a conscientização das pessoas", pontuou o prefeito.