PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Quadrilha rouba maleta de dinheiro e armas de policiais em shopping; suspeito é baleado e preso

A maleta de dinheiro foi recuperada, mas armas roubadas, não. Um veículo e uma outra arma, com numeração raspada que pertence ao Estado, foram apreendidos pela Polícia

21:09 | 02/09/2019
Força Tática da Polícia Militar do Ceará (PMCE) participou da ação
Força Tática da Polícia Militar do Ceará (PMCE) participou da ação (Foto: WhatsApp O POVO)

Uma quadrilha roubou dois agentes de segurança em shopping na cidade de Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), na tarde desta segunda-feira, 2. Os policiais iriam realizar um depósito bancário na Caixa Econômica Federal do North Shopping Maracanaú, quando foram surpreendidos por quatros homens, que roubaram uma maleta de dinheiro e as duas armas das vítimas. Os suspeitos foram perseguidos pela Força Tática da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Um dos indivíduos foi baleado e preso.

A abordagem do grupo criminoso ocorreu quando os policiais chegaram no elevador do shopping. Após o roubo, houve uma perseguição e um dos suspeitos envolvidos no ilícito foi baleado pela Polícia e preso, sendo encaminhado ao Instituto Doutor José Frota (IJF). A maleta de dinheiro foi recuperada, mas armas roubadas, não. Um veículo e uma outra arma, com numeração raspada que pertence ao Estado, foram apreendidos.

O caso foi encaminhado à Delegacia de Maracanaú, que investiga o caso. O POVO Online entrou em contato com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e a Polícia Militar do Ceará. A SSPDS informou que a demanda é da Polícia Militar, que, por sua vez, ainda não respondeu. 

O North Shopping Maracanaú enviou nota sobre o fato:

"O North Shopping Maracanaú esclarece que tomou conhecimento do ocorrido na tarde de ontem, 2, e informa que contribuiu com as autoridades locais para o esclarecimento dos fatos. O shopping reforça ainda que a perseguição ocorreu fora das dependências do empreendimento e que funcionou normalmente até o horário de encerramento das atividades".