PUBLICIDADE
Notícias

Idosa e jovem são esfaqueadas após tentativa de estupro em Jucás

Mulher de 70 anos foi golpeada com faca após impedir o acusado de violar sua neta, de 19 anos. Ele entrou na casa oferecendo produtos naturais e pedindo água

09:47 | 26/02/2015
Duas mulheres foram assassinadas  na manhã da última quarta-feira, 25, no bairro Centro, em Jucás, 414,1 km de Fortaleza. A primeira vítima, de 70 anos, foi atingida com golpes de faca no pescoço quando tentava impedir o acusado de estuprar sua neta, de 19 anos. A jovem foi golpeada na jugular e morreu a caminho do socorro. Um adolescente foi apreendido e confessou o crime.

A Polícia Militar de Jucás foi acionada ao local do crime por volta das 11h30min, quando a jovem de 19 anos, identificada como Michelly Nascimento Bezerra, foi encontrada em casa, na rua Tadeu de Paula. Ela contou aos policiais que o criminoso chegou na residência dela e da avó, Antonieta Pereira Bezerra, oferecendo produtos naturais.

Após pedir um copo de água, o acusado atacou a jovem e tentou manter relações sexuais com ela. Quando Antonieta tentou impedir a agressão, acabou sendo esfaqueada no pescoço, morrendo no local. Ele ainda golpeou Michelly na jugular e fugiu em seguida, sem ser identificado.

Michelly foi encaminhada ao hospital da região, mas devido à gravidade dos ferimentos teve que ser transferida para o hospital regional de Iguatu, 348,1 km da capital cearense. “Ela foi transferida ao hospital consciente, repassando os detalhes do crime. Quando chegava na cidade de Farias Brito, no entanto, não resistiu aos ferimentos e morreu”, detalha o solda da PM de Jucás, identificado apenas como Ribeiro.

Após buscas, a Polícia Militar de Jucás, junto com a Força Tática de Apoio de Iguatu, conseguiu localizar o suspeito, de apenas 15 anos na rua Manoel Dantas, no bairro Vila Nova. Ele estava em um veículo Gol de cor azul e confessou o crime. Testemunhas de trabalhavam com o adolescente na venda de produtos naturais confirmaram que ele sumiu durante a manhã.

“Ele foi réu confesso e vinha de Cariús com um pessoal, que contou que ele saiu para o almoço e não voltou. Outras testemunhas o viram saindo da casa das vítimas”, detalha o PM Ribeiro. O adolescente de 15 anos foi encaminhado à Delegacia de Iguatu (plantonista), e deve prestar depoimento na manhã desta quinta-feira, 26.
TAGS