PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Armado, subtenente do Corpo de Bombeiros é preso após desacatar policiais civis

Com sinais de embriaguez, bombeiro teria se incomodado com o patrulhamento ostensivo e tentou sacar arma contra os policiais civis

10:55 | 25/02/2020

Um subtenente do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) foi preso nesta segunda, 24, após desacato a policiais civis que realizavam patrulhamento extraordinário em Juazeiro do Norte, na Região do Cariri. Na delegacia, ele bateu a cabeça na parede e simulou ter sofrido lesão.

 

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o bombeiro estava em um bar, localizado no bairro Lagoa Seca, e se incomodou com o fato de os policiais civis estarem realizando patrulhamento ostensivo em conjunto com guardas civis da cidade.

Ao ser abordado, o subtenente, que não tinha documento de identificação, tentou sacar uma arma. Ele apresentava, segundo a SSPDS, sinais de embriaguez e foi imobilizado pelos policiais e um guarda municipal e conduzido à sede da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, onde foi autuado em flagrante por crime contra a administração pública.

Ainda segundo a nota, na delegacia, o militar bateu com a cabeça na parede, lesionando-se, e depois gravou um vídeo acusando os policiais civis de terem cometido as agressões. Porém, em um outro momento, e na presença de outros militares, o suspeito acabou confessando autolesão, em depoimento, durante instauração do procedimento policial, na presença de advogados de defesa.