PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Quadrilha internacional suspeita de agiotagem é presa no Vale do Jaguaribe

Operação desarticulou quadrilha a partir de denúncias

16:06 | 24/08/2019
Polícia apreendeu R$11 mil; além de 17 mil pesos colombianos
Polícia apreendeu R$11 mil; além de 17 mil pesos colombianos (Foto: Divulgação)

Três colombianos e uma brasileira foram presos em Limoeiro do Norte, no Vale do Jaguaribe, suspeitos de praticar agiotagem contra comerciantes na região. A operação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) desarticulou a quadrilha internacional nessa sexta-feira, 23. Com o grupo, os agentes apreenderam mais de R$ 11 mil, além de 17 mil pesos (moeda estrangeira). 

Os presos foram identificados como: Juan Carlos Piedrahita Piedrahita, Hernan Dario Osório Rodas, Leslee Michelle Hurtado Garzon e Liduina de Almeida Silva. A Polícia também está averiguando se os estrangeiros estão no Brasil de forma ilegal. 

Além da quantidade em dinheiro, foram apreendidos quatro motos, oito celulares e um vasto material de publicidade e de anotações para empréstimos. Os quatro presos vão responder por agiotagem e associação criminosa. 

Denúncias deram conta de que um grupo de estrangeiros estaria emprestando dinheiro a pequenos comerciantes e cobrando juros elevados, além de praticar extorsão e ameaça.  

A partir disso, os policiais civis da Delegacia Municipal de Limoeiro do Norte passaram a investigar os suspeitos colombianos. Entre os presos está a proprietária de um estabelecimento, utilizado como ponto de apoio pelos criminosos.

Quadrilha foi presa no local usado para os encontros usualmente
Quadrilha foi presa no local usado para os encontros usualmente (Foto: Divulgação)

Investigação

Conforme a investigação, os suspeitos faziam cobranças todos os dias na região e se encontravam no horário de almoço em um estabelecimento que pertence a Liduina. O local servia para receber pagamentos e planejar ações de extorsão e ameaças contra as vítimas. Liduina seria a encarregada de fazer o recrutamento de novos clientes, como também o recebimento das parcelas dos empréstimos e o repasse desse dinheiro para os colombianos.

A abordagem ao grupo criminoso ocorreu no momento em que eles estavam reunidos no estabelecimento da mulher, contabilizando o arrecadado. 

Denúncias

As vítimas que se sentirem lesadas podem registrar queixa na Delegacia Municipal de Limoeiro do Norte, que fica localizada no endereço: Rua Vicente Ferreira Lima, nº 400 – José Simões, Limoeiro do Norte/CE. Telefone: (88) 3423.4572.