PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Prefeito de Itaitinga afirma que solicitará Força Nacional para conter onda violência

Conforme a SSPDS, de janeiro a março de 2021, foram realizadas 54 prisões em flagrante no município. A pasta afirma que após construção de um prédio, por parte a Prefeitura, rá possível implantar uma base do CPRaio na cidade

Wanderson Trindade
14:54 | 03/04/2021
Prefeito de Itaitinga, Paulo César Feitosa informa que houve aumento da violência nas últimas semanas na cidade (Foto: Via WhatsApp O POVO)
Prefeito de Itaitinga, Paulo César Feitosa informa que houve aumento da violência nas últimas semanas na cidade (Foto: Via WhatsApp O POVO)

Atualizada às 20h40min

O prefeito de Itaitinga, Paulo César Feitosa (PL), realizou um comunicado à população neste sábado, 3, sobre a violência registrada na Cidade. Em vídeo enviado ao O POVO, ele informou que irá solicitar à Presidência da República, ao Ministério da Justiça e ao Governo do Estado do Ceará auxílio da Força Nacional de Segurança Pública. O prefeito não informou dados sobre o quantitativo de ocorrências policiais registradas no Município. 

O gestor afirma que “uma onda de violência se instalou na Cidade nas últimas semanas, de forma assustadora e aumentando sobremaneira as estatísticas, que já era uma das mais altas do Estado”.

De acordo com ele, foi observada uma “explosão de violência na Cidade”, o que estaria associado aos presídios instalados por lá.

“Infelizmente tenho de tomar essa decisão de solicitar a Força Nacional. Itaitinga não aguenta mais. Nos últimos dias: mortes, assassinatos, carros incendiados, casas invadidas. (A cidade) Explodiu em violência e eu não posso me omitir neste momento difícil”, declarou.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que diariamente as Polícias Civil (PCCE) e Militar do Ceará (PMCE) realizam ações de combate à criminalidade na cidade de Itaitinga. Atualmente, a PMCE realiza o patrulhamento no município por intermédio de viaturas do Policiamento Ostensivo Geral (POG) e da Força Tática (FT) do 25° Batalhão Policial Militar. A SSPDS avisa que a área conta, ainda, com o reforço estratégico do policiamento especializado, por meio da presença do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRAIO) e do Comando de Policiamento de Choque (CPChoque).

Entre as estratégias de ampliação do reforço no policiamento local, a SSPDS informa que está prevista, para a próxima segunda-feira, 5, a instalação da Plataforma de Observação Elevada (POE), caminhão que contém 14 câmeras - em uma torre de 15 metros de altura - ligadas ao sistema de videomonitoramento da SSPDS, que servirá de Posto de Comando da PMCE. A pasta diz que cabe ressaltar que logo após a conclusão da construção de um prédio, por parte da Prefeitura Municipal de Itaitinga, será possível implantar uma base do CPRaio na cidade.

A SSPDS diz também que, entre as ações de combate a criminalidade, a Polícia Civil desenvolveu investigações que resultaram na desarticulação de grupos criminosos atuantes no município. Entre os casos está a prisão, em dezembro do ano passado, de uma mulher, que teria envolvimento em cerca de dez homicídios na cidade. A ofensiva policial foi realizada pela Delegacia Metropolitana de Itaitinga. Além disso, ações como a da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) que, em fevereiro deste ano, prendeu chefias de coletivo criminoso que pretendiam se estabelecer na cidade.

Por fim, a SSPDS esclarece que de janeiro a março de 2021, somente em Itaitinga, foram realizadas 54 prisões em flagrante de suspeitos de crimes. O número é, conforme a pasta, 170% maior se comparado ao mesmo período de 2020, quando foram capturadas 20 pessoas. "O resultado é fruto de operações policiais para cumprimento de mandados judiciais e patrulhamentos ordinários para prevenção de crimes violentos contra a vida e o patrimônio", finaliza o comunicado.