Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Governo autoriza construção de quartel do Corpo de Bombeiros em Horizonte

A obra terá até 120 dias para ser concluída. O Município já conta com equipe de bombeiros
09:57 | Set. 04, 2021
Autor Lara Vieira
Foto do autor
Lara Vieira Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O governador Camilo Santana autorizou a ordem de serviço para o início das obras de construção do quartel padrão para o Corpo de Bombeiros Militar (CBMCE), no município de Horizonte, distante 49 km de Fortaleza. Segundo o comunicado, o prazo para conclusão dos serviços é de 120 dias.

No evento de inclusão da pedra fundamental da obra, foi assinada a ordem de serviço do novo quartel por todas as autoridades presentes. A estrutura pretende aprimorar o trabalho já realizado pelo Corpo de Bombeiros de Horizonte.

Durante o evento, estiveram presentes o Secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron; o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Ronaldo Roque de Araújo; o Prefeito da Cidade de Horizonte, Nezinho Farias; Comandante do Comando de Bombeiros do Interior, Coronel Anderson Viana; o Delegado da Cidade de Horizonte, Ed Carlos de Sousa Lima; Comandante do Corpo de Bombeiros Militar de Horizonte, Tenente Coronel Mônica; além de vereadores do Município.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Camilo anuncia novo decreto contra a pandemia no Ceará: veja o que muda

PANDEMIA
14:28 | Set. 03, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O horário de funcionamento de comércio e academias no Ceará será ampliado a partir da próxima segunda-feira. O comércio de rua poderá abrir de 8 às 22 horas. Academias poderão funcionar de 5h30min às 22h30min. O novo decreto estadual foi anunciado pelo governador Camilo Santana (PT) na tarde desta sexta-feira, 3 de setembro (03/09). Camilo disse que a ampliação de horário atende demanda do setor e evita concentração de público em determinados horários.

Decreto atual, em vigor até o próximo domingo, 5, permite o funcionamento do comércio de rua das 9 às 19 horas (com limitação de 50%) e das academias de 6 às 22 horas (com 40% capacidade). O governador disse que o novo decreto, a ser publicado até este sábado, 4, irá também prever a realização de eventos-teste.

Camilo disse que a demanda assistencial, o número de casos e a transmissão seguem em baixa. Porém, continua a preocupação com a variante Delta. Segundo o secretário da Saúde, Marcos Antônio Gadelha Maia, o número de casos da variante Delta no Estado segue em 96. Houve uma morte.

"Você que ainda não se vacinou, procure se vacinar. Lembre-se do exemplo dessa semana de uma pessoa que morreu no Ceará, o primeiro caso pela variante Delta, e que poderia ter sobrevivido se tivesse se vacinado. Morreu porque não tinha tomado a vacina. A vacina não que evite de ter a Covid-19, mas diminui muito as consequências, a gravidade da doença", alertou o governador.

O secretário Marcos Gadelha disse que o conjunto de dados dá otimismo grande no combate à pandemia. Porém, há preocupação em função da variante Delta. Ele destacou que há entre 4% e 5% de exames positivos de Covid-19 no Estado. No pico da pandemia, a situação chegou a cerca de 70%. Salientou também a queda do número de casos e mortes. Ele fez apelo por vacinação e disse que não há estratégia mais eficaz.

"Estamos trabalhando agora o prazo em que nós vamos iniciar uma terceira dose, de reforço, na população mais idosa no Estado do Ceará", acrescentou Camilo.

Decretos na 2ª onda no Ceará

2º lockdown: o isolamento rígido em Fortaleza começou em 5 de março de 2021. No dia 13, decreto estadual estendeu as medidas para todo o Estado.

12 de abril: no dia 4 de abril, Camilo Santana anunciou o início da flexibilização no Ceará para o dia 12 de abril. Com a reabertura, foram permitidas algumas atividades de serviço e comércio em horários reduzidos, toque de recolher de segunda à sexta-feira e lockdown aos fins de semana. 

17 de abril: decreto anterior foi mantido, com liberação de atividades físicas individuais em espaços públicos.

23 de abril: flexibilização avança com liberações para escolas, igrejas, templos. barracas de praia e academias de ginástica. Lockdown continua aos sábados e domingos.

30 de abril: Camilo anuncia flexibilização aos sábados e domingos, com autorização para funcionamento de comércio e restaurantes. Na semana, as regras seguem as mesmas.

7 de maio: após quatro semanas de flexibilização, o Ceará não avança na reabertura, mantendo as medidas em vigor. Dois indicadores acenderam sinal de alerta: alto patamar de internações e aumento na positividade de exames

14 de maio: Região de Fortaleza e de Sobral avançam na flexibilização, com ampliação do horário de funcionamento das atividades comerciais. Cariri, Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe continuam com as mesmas restrições.

22 de maio: decreto anterior é prorrogado mantendo ampliação Fortaleza e de Sobral e medidas mais rígidas nas outras três regiões do Estado

29 de maio: decreto amplia flexibilização no Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe, que passam à mesma situação de Fortaleza e Sobral. Cariri mantém restrições

4 de junho: decreto amplia horário de funcionamento de shoppings e restaurantes até 22 horas e toque de recolher vai para 23 horas. Exceção é Cariri, onde restrições são mantidas

11 de junho: governo libera aulas em todas as séries do ensino médio, amplia a capacidade de público em academias, reabre museus, bibliotecas e cinemas. Apenas o Cariri continua com restrições

18 de junho: governador anuncia prorrogação do decreto, interrompendo a sequência de reabertura. Restrições mais severas mantidas no Cariri.

25 de junho: governo libera aulas presenciais em universidades.

28 de junho: decreto autoriza o funcionamento de feiras livres.

9 de julho: anunciado aumento do horário do comércio.

23 de julho: restaurantes podem funcionar até 23 horas. Eventos podem receber até 200 pessoas.

6 de agosto: por causa da chegada da variante Delta, decreto é prorrogado sem mudanças.

20 de agosto: Camilo anuncia que restaurantes moderão funcionar até meia noite.

3 de setembro: Camilo amplia horário de comércio e academias.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Jovem é resgatado de afogamento na Lagoa do Cauipe, em Caucaia

Caucaia
23:07 | Ago. 30, 2021
Autor Lara Vieira
Foto do autor
Lara Vieira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um jovem foi resgatado de um afogamento pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) na manhã desse domingo, 29, na Lagoa do Cauipe. A praia é localizada no município de Caucaia, distante 14 minutos de Fortaleza. Felizmente, com os procedimentos de reanimação, o jovem sobreviveu. Ele ficou 20 minutos submerso antes de ser resgatado.

A ocorrência foi registrada por volta das 11h30min. A mãe da vítima, um rapaz de 19 anos de idade, havia informado que seu filho havia desaparecido e que a última vez que o tinha visto era na margem da Lagoa do Cauipe. Imediatamente, os guarda-vidas do Corpo de Bombeiros, iniciaram as buscas na lagoa.

O jovem foi encontrado após cerca de 20 minutos o submerso, em um local com cerca de 1,5m de profundidade. Após a retirada do jovem da água se iniciou os primeiros socorros. Como o rapaz não apresentava sinais vitais, foi executado o protocolo da Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP), além da utilização de máscara pocket e o cilindro de oxigênio. Com o retorno da pulsação, o jovem foi encaminhado para a UPA do Pecém.

Participaram da ação o subtenente Valdo e o subtenente Saraiva, do CBMCE, além dos socorristas da ambulância de Resgate Alfa, cabo Leonardo e o soldado Vasconcelos.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Medir temperatura em restaurantes e bares não é mais obrigatório no Ceará

Protocolos de segurança contra COVID-19
11:42 | Ago. 28, 2021
Autor Levi Aguiar
Foto do autor
Levi Aguiar Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Ceará (Abrasel) comunicou em suas redes sociais que o Governo do Ceará acatou seu pedido para desobrigar os estabelecimentos comerciais a aferir a temperatura dos clientes.

Segundo a associação, a partir deste sábado, 28, a aferição de temperatura não é mais obrigatória. O POVO entrou em contato com assessoria de comunicação do Governo do Estado, que confirmou a decisão.  O encontro entre o governador Camilo Santana e o presidente da Abrasel, Taiene Righetto, aconteceu na última quarta-feira, 25.

Na ocasião foi discutido também formas para fomentar a retomada da economia no Ceará. "A luta não pode parar, e há muito ainda o que se fazer para retomar a economia de nosso Estado, vamos em frente, juntos, por um Brasil mais fácil para se empreender e melhor para se viver", conclui o pronunciamento da associação.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Mesmo com nova onda de Covid, restaurantes devem continuar abertos, diz Abrasel

Economia
23:56 | Ago. 25, 2021
Autor Leonardo Maia
Foto do autor
Leonardo Maia Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Atualizada às 10h55min de 26/8/2021*  

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Ceará (Abrasel-CE) fará parte do Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus. A entrada no grupo que define os protocolos e o avanço da abertura foi acertada em reunião com o governador Camilo Santana e assegurou ainda um consenso: de que ainda que uma possível terceira onda atinja o Estado, os estabelecimentos continuarão funcionando, desde que os protocolos sejam seguidos.

“O diálogo com o governo é para que venha o que vier, a gente consiga ter o funcionamento. Saúde e empregos vão ter que andar juntos”, enfatizou Taiene Righetto, presidente da Abrasel-CE, após reunião da Abrasel com o governador Camilo Santana (PT), nesta quarta-feira.

Apesar dos indicadores da pandemia em queda, o impacto das variantes é uma preocupação tanto para o governo como para o setor de alimentação fora do lar.

O presidente da Abrasel-CE disse que a conversa com o chefe do Executivo estadual foi muito importante e demonstrou a preocupação de Camilo com o setor. Ele ressaltou que o setor deve voltar cada vez mais ao praticado antes da pandemia, até mesmo em relação aos horários de funcionamento, que hoje se estendem até a meia noite. “Foi a sinalização mais forte desde o início da pandemia que poderemos voltar ao normal”, defendeu.

Outro ponto discutido foi a operacionalização da lei conhecida como Mais Emprego Ceará, que visa gerar mais emprego, pagando metade do salário mínimo a novos contratados com carteira assinada na pandemia de segmentos do comércio e serviços durante seis meses. Righetto explicou que foi discutida a parte técnica da legislação, que foi sancionada pelo governador no dia 20 de julho. Um dos pontos, por exemplo, é saber como os novos contratados serão cadastrados para receber o benefício.

Alguns detalhes de decretos, como a exigência de medição da temperatura dos clientes e o uso de face shield, também foram alvo de discussão na reunião, pois a Abrasel acredita que eles devem ser revistos. O presidente da associação acredita que o maior avanço recente das medidas foi a ampliação durante a noite, devido ao maior faturamento dos estabelecimentos neste período. Até agora, desde o início da pandemia, já foram quase 60 mil demissões no setor de alimentação fora do lar, conforme a Abrasel.

O presidente comentou ainda sobre o fim do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm), que chegou ao fim nesta quarta-feira, 25. Ele considerou que a medida deveria ser prorrogada. “Como a gente tem restrição de 50% da capacidade, restrição de seis pessoas por mesa.... Se tivesse a prorrogação, ajudaria”, defende. No entanto, ele pontuou que a principal reivindicação é ampliação dos horários e da capacidade de funcionamento, para que o setor possa “caminhar com as próprias pernas”.

Na última semana, uma das poucas mudanças do novo decreto, que entrou em vigor nessa segunda-feira, 23, foi a ampliação do horário de funcionamento de restaurantes. A extensão do horário estava entre as principais reivindicações do setor.

As novas regras já representam avanços para o setor de alimentação fora do lar, já que o segmento foi o único a ter horário flexibilizado. Com a atualização, restaurantes, bares e barracas de praia tiveram horário de funcionamento estendido até a meia-noite. No entanto, os estabelecimentos ainda devem funcionar 50% da capacidade.

Colaborou Isabela Queiroz/Especial para O POVO

*a atualização foi para retirar a palavra decisão do segundo parágrafo e trocar por ação, pois decisões sobre a pandemia são tomadas no âmbito do Comitê Estadual de Enfretamento à Pandemia do Coronavírus. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Governo irá contratar brigadistas para combater incêndios florestais no Estado

Ceará
23:02 | Ago. 25, 2021
Autor Lara Vieira
Foto do autor
Lara Vieira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O governador Camilo Santana sancionou, nesta quarta-feira, 25, a lei que permite ao Governo do Ceará realizar a contratação temporária de brigadistas para incêndios florestais. De acordo com o político, o objetivo da legislação é prevenir e combater o avanço do fogo em áreas de vegetação do Estado, mais incidentes no segundo semestre. Poderão ser contratados até 60 brigadistas para reforçar as equipes de combate.

O anúncio foi transmitido ao vivo pelas redes sociais e contou com as participações do secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron; do secretário do Meio Ambiente, Artur Bruno; do tenente-coronel Isaac Rodrigues, comandante do Batalhão de Policiamento de Meio Ambiente (BPMA) e do coronel Helder Silva, coordenador do gabinete do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE).

“Temos enfrentado os problemas das queimadas desde sempre, mas com maior incidência nesse segundo semestre, época em que está em tempo de seca e com muitos ventos no Ceará", comentou o governador do Ceará. Em 2020, foram registrados 6.145 incêndios florestais. Já em 2021, até o momento, houve 1.534 ocorrências desse tipo.

"Já havíamos ampliado como bases do Corpo de Bombeiros no interior, como a que inauguramos em Quixadá, e vamos seguir ampliando. E hoje, através de uma importante iniciativa da secretaria do Meio Ambiente (Sema) vamos poder contratar de forma temporária brigadistas florestais para combater os incêndios, junto com o Corpo de Bombeiros, em regiões com maior incidência de queimadas ”, completou Camilo Santana, durante a assinatura da lei.

Segundo o projeto de lei, aprovado pela Assembleia Legislativa no último dia 12 de agosto, os órgãos estaduais que compõem o Comitê do Programa de Prevenção, Monitoramento, Controle de Queimadas e Combate aos Incêndios Florestais (Previna) poderão efetuar contratação de profissionais para exercer a função de brigadista florestal, fato celebrado pelo secretário do Meio Ambiente.

Segundo Artur Bruno, um edital para a contratação dos brigadistas temporários será publicado em breve. Os novos integrantes devem integrar as áreas de maior necessidade dentro do Corpo de Bombeiros e irão passar por treinamento específico da corporação.

“Além do combate aos incêndios, os brigadistas temporários irão trabalhar com ações de educação ambiental e apoio com as demais Forças de Segurança do Estado, acompanhando ações dos bombeiros e do BPMA, sempre de acordo com a Sema. Graças a esta gestão temos os equipamentos mais atualizados, a nível de mundo, e com esse acréscimo aumentaremos o efetivo de combate ao fogo em 30%”, completou Sandro Caron.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags