Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

33 mulheres eram mantidas no cárcere privado em celas por diretor de clínica no Crato

A prisão aconteceu na manhã desta quinta-feira, 12. O homem é investigado por abuso sexual, maus-tratos, apropriação de benefícios e cárcere privado
13:14 | Ago. 12, 2021
Autor Angélica Feitosa
Foto do autor
Angélica Feitosa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O diretor de uma clínica psiquiátrica foi preso em flagrante, na manhã desta quinta-feira, 12, suspeito de abuso sexual, maus-tratos, apropriação de benefícios e cárcere privado, na cidade do Crato, na Região do Cariri. Segundo a Polícia, Fábio Luna dos Santos, 35 anos, mantinha 33 mulheres aprisionadas em celas sem condições sanitárias. Duas delas teriam sofrido abuso sexual do diretor. O homem foi encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade, onde foi autuado por cárcere privado e maus-tratos.

Mulheres eram mantidas em celas, aponta Polícia Civil
Mulheres eram mantidas em celas, aponta Polícia Civil (Foto: POLÍCIA CIVIL DO CEARÁ/DIVULGAÇÃO)

LEIA MAIS| Saiba como proceder em casos de violência sexual contra a mulher no Ceará

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Segundo a Polícia Civil, as buscas foram iniciadas pela manhã, quando policiais civis da DDM se deslocaram para a clínica para cumprir um mandado de prisão preventiva contra o diretor da clínica, por denúncias de abuso sexual contra duas vítimas. Na clínica, a Polícia constatou que todas as mulheres estavam aprisionadas em celas sem condições sanitárias. Assim, a DDM também autuou o suspeito em flagrante por maus-tratos e cárcere privado. Serão investigados, ainda, crimes de apropriação de benefícios das vítimas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar