PUBLICIDADE
Notícias

Escola encerra oferta de vagas para estudantes do Ensino Médio no município de Barro

Os 54 alunos da Escola de Ensino Médio Wilson Dias Cabral serão transferidos para outras unidades da rede estadual. Coordenador da Crede 20 afirma que nenhum dos alunos será prejudicado com a mudança

17:12 | 03/12/2015
NULL
NULL

Cerca de quatro anos após ser inaugurada, a Escola Wilson Dias Cabral, localizada no município de Barro, a 451km de Fortaleza, encerra a oferta de vagas para estudantes do ensino médio.

Em nota, a assessoria da Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc) informou, em nome da Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação 20 (Crede 20), que o lugar passará a atender cerca de 230 alunos de uma escola de ensino fundamental que já funciona no mesmo prédio.

Ainda conforme nota da Seduc, os 54 alunos da Wilson Dias Cabral, por sua vez, serão transferidos para outras unidades da rede estadual, como a Escola Mauro Sampaio ou a nova Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP). Esta última passa por obras, em fase de conclusão.
[SAIBAMAIS 3]
De acordo com o coordenador da Credi 20, Roberto de Araújo Souza, a não oferta de vagas para alunos do ensino médio no espaço não acarretará em prejuízos aos alunos atualmente matriculados.

"Ninguém será prejudicado. Os professores e funcionários serão todos realocados e os alunos serão transferidos para escolas próximas, a 8km, com a garantia de transporte escolar", ressalta.

Ainda segundo Roberto, a escola profissionalizante a ser inaugurada vai "absorver" as matrículas dos novos estudantes.

As causas para as alterações na Wilson Dias Cabral se devem, segundo o coordenador da Credi 20, à pequena demanda de alunos para o ensino médio e pela inauguração da EEEP.
 
Confira a nota enviada pela assessoria da Seduc na íntegra:

"Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede) 20, responsável pela Escola de Ensino Médio Wilson Dias Cabral, localizada em Barro, informa que o espaço passará a atender somente alunos da Escola de Ensino Fundamental Virgílio Leite Cabral que já funciona no mesmo prédio. Os 54 alunos da EEM Wilson Dias serão atendidos na Escola Mauro Sampaio ou na nova Escola Estadual de Educação Profissional que está em construção. Os profissionais serão lotados em outras unidades da rede estadual local. Sobre a EEEP de Barro, informamos que a obra está em fase de conclusão. Providências como ligação de energia elétrica, definição de cursos, entre outras, também estão em andamento, pois a escola ficará pronta para a abertura do ano letivo de 2016.", diz a mensagem.

Municipalização 

Em novembro, alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Noel Hugnen de Oliveira Paiva, no bairro São João do Tauape, em Fortaleza, realizaram dois protestos contra a municipalização da instituição.

Pais e alunos manifestaram insatisfação com uma decisão do Estado de transferir para o Município a gestão da escola, o que resulta no encerramento de vagas para estudantes do ensino médio para ampliação da oferta de todas as séries do ensino fundamental.

A Seduc reiterou, ao O POVO, que a mudança de gestão não prejudicaria estudantes e docentes. O deputado Heitor Férrer (PSB), por sua vez, fez críticas ao projeto do governo pois, segundo ele, a mudança deixaria os 120 alunos da escola desamparados.

Redação O POVO Online
TAGS