Participamos do

Ceará ainda não registrou fugas e rebeliões em Centros Socioeducativos este ano

Governo do Ceará e Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo inauguram 18º Centro Socioeducativo em Juazeiro do Norte nesta sexta, 15
14:57 | Out. 14, 2021
Autor Levi Aguiar
Foto do autor
Levi Aguiar Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas) informou que no ano de 2021, até o momento, não há registro de fugas e rebeliões em Centros Socioeducativos no Ceará. O dado diferencia-se de anos anteriores, como em 2016, quando foram contabilizadas 476 fugas e 50 rebeliões. O 18º Centro Socioeducativo será inaugurado nesta sexta-feira, 15, em Juazeiro do Norte, pelo Governo do Ceará, por meio da Seas. O lugar recebeu o nome de Centro Socioeducativo Padre Cícero. 

Ao O POVO, o superintendente da Seas, Roberto Bassan, explica que os Centros Socioeducativos possuem o papel social de responsabilização dos jovens que cometem atos infracionais. "É uma instituição que tem a responsabilidade de fornecer atividades de cultura, esporte e lazer. Além de qualificação profissional e escolarização para que esses jovens possam construir uma nova trajetória de vida", comenta.

Roberto Bassan credita o fim do ciclo de tumultos, rebeliões e fugas nos Centros Socioeducativos ao "trabalho árduo" da Seas. "Com a consolidação da proposta metodológica baseada em práticas restaurativas, planos individuais de atendimento, escolarização formal e qualificação profissional, o número de situações de crise graves este ano é zero. Não há registro de fugas e rebeliões no ano 2021, demonstrando a consolidação dessa política pública."

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Número de fugas:

  • Ano de 2016 com 476;
  • Ano de 2017 com 79;
  • Ano de 2018 com 8;
  • Ano de 2019 com 3;
  • Ano de 2020 com 10;
  • Ano de 2021 com 0.

Número de rebeliões

  • Ano de 2016 com 50;
  • Ano de 2017 com 21;
  • Ano de 2018 com 4;
  • Ano de 2019 com 6;
  • Ano de 2020 com 1;
  • Ano de 2021 com 0.

Quanto aos números de ocupação na Grande Fortaleza, os dez Centros Socioeducativos e a unidade de recepção possuem 658 vagas distribuídas entre 461 ocupações. A Grande Fortaleza também totaliza a ocupação de 78% dos Centros (referente somente aos de internação e internação provisória).

LEIA MAIS | CGD expulsa mais um Policial Militar por participação no motim de 2020

92% da população apta para vacinação recebeu a primeira dose contra Covid-19 na Capital

Já os outros setes Centros no Estado possuem capacidade para 258 pessoas e têm 143 vafas ocupadas. No total, o Ceará oferta 916 vagas para unidades de recepção, semiliberdade, internação e internação provisória, com uma ocupação de 604 pessoas.

Centro Socioeducativo Padre Cícero

Sobre o Centro inaugurado em Juazeiro do Norte, o equipamento será a terceira unidade destinada a adolescentes do sexo masculino em cumprimento de medidas socioeducativas na região do Cariri. Ao todo, serão 90 vagas disponíveis no Centro. O local possui um espaço de 5.928,24 m². Na ocasião da inauguração, a vice-governadora, Izolda Cela, representará o governador Camilo Santana na solenidade de inauguração. 

 

  • Infraestrutura

O projeto apresenta, na área interna de muralha: sete blocos de alojamentos independentes; quatro blocos de apoio para adolescentes, com refeitório, oficinas e salas de aula; uma quadra poliesportiva coberta; um campo de futebol e um anfiteatro. Já na área externa da muralha, encontram-se o bloco administrativo, o bloco de corpo da guarda e o bloco de oficinas/empresas.

Conteúdo sempre disponível e acessos ilimitados. Assine O POVO+ clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags