Participamos do

Polícia cumpre três mandados de prisão preventiva por homicídio em Maracanaú

Os casos são de dois homicídios que ocorreram no município, em casos diferentes. Entre eles, um suspeito de matar a pauladas e a pedradas um jovem de 18 anos, sem passagens pela Polícia
17:07 | Jul. 30, 2021
Autor Angélica Feitosa
Foto do autor
Angélica Feitosa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um total de três mandados de prisão preventiva foram cumpridos em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), nesta quinta-feira, 29, pela Polícia Civil. As pessoas presas são investigadas por homicídio qualificado em dois casos. Em uma das ocorrências, dois homens foram presos suspeitos de matar a pedradas e pauladas um jovem de 18 anos, sem passagens pela Polícia.

LEIA MAIS | Jovem investigado por duplo homicídio e por roubo é preso em Maracanaú

Segundo o Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, os mandados de prisão preventiva por homicídio qualificado foram cumpridos contra os dois homens que já estavam presos em uma unidade prisional, em cumprimento a outros crimes. São eles: Marcos Vinicius Lima da Silva, 21, com passagens por roubo, homicídio doloso, tráfico ilícito de drogas, ameaça e dano; e Gleidson Sousa Matos, 26, com antecedente criminal por homicídio. O crime contra o jovem de 18 anos ocorreu no dia 12 de janeiro deste ano, em Maracanaú.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Diligências de policiais civis da Delegacia Metropolitana de Maracanaú capturaram, também nesta quinta-feira, no bairro Jari, Francisco Diego Bezerra do Nascimento, 25, com passagens por tráfico de drogas, homicídio e tentativa de homicídio. Ele é suspeito de matar um adolescente, de 16 anos, com ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas, em 1º de fevereiro deste ano, em Maracanaú. Além de Francisco Diego, pedidos de prisão preventiva por homicídio qualificado em relação a esse mesmo crime foram expedidos contra outros dois suspeitos, que estão foragidos.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente