Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Trio suspeito de integrar facção é preso com quase 500 comprimidos de ecstasy em Juazeiro do Norte

Integrantes de facção criminosa foram presos em um carro particular, na posse de 498 comprimidos de ecstasy, 18 gramas de cocaína, R$ 364,00 em espécie, além de três celulares

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) apreendeu 498 comprimidos de ecstasy em Juazeiro do Norte, no Ceará. Os entorpecentes estavam em posse de três homens, que, segundo a Polícia, são integrantes de uma organização criminosa. A ação da polícia foi realizada na manhã deste sábado, 27, na rodovia CE-060.

Antonio Fabio Ferreira Alves Dinis, 41, natural de Salvador; Bruno Almeida de Oliveira, 21, natural de São Paulo; e Ciro de Sousa Lacerda, 37, possuem antecedentes criminais por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, crime ambiental e posse de drogas, e foram capturados na operação.

O trio foi preso em um carro particular, na posse de 498 comprimidos de ecstasy, 18 gramas de cocaína, R$ 364,00 em espécie, além de três celulares. De acordo com as investigações policiais, todo o ilícito veio de João Pessoa (PB).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

LEIA TAMBÉM| Cachorro "pede" indenização por danos morais à justiça após ser baleado no Ceará

O material apreendido e os homens foram conduzidos à Delegacia Regional de Juazeiro do Norte. Na unidade, os suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico interestadual de drogas e associação para o tráfico. Com as apreensões de hoje, sobe para 806 comprimidos de ecstasy retirados de circulação, só nos primeiros meses deste ano, no Ceará.

No início de 2021, uma outra ação da Polícia Civil já havia resultado na prisão de um outro integrante deste mesmo grupo. O homem possuía ligações com o tráfico interestadual de drogas. Lucas Sousa também foi preso em Juazeiro do Norte em posse de mais de 300 comprimidos de ecstasy.

Lucas utilizou documentos de Ciro de Sousa Lacerda para comprar passagens de ônibus em Campina Grande (PB) que tinham como destino final a cidade de Juazeiro do Norte. Segundo a Polícia Civil, o objetivo da viagem seria a distribuição de entorpecentes na região.

Sousa já responde por tentativa de homicídio, furto qualificado, disparo de arma de fogo, posse irregular de arma de fogo, além de dois procedimentos por tráfico de drogas. O homem foi abordado no momento em que desembarcava de um ônibus em Juazeiro do Norte.

LEIA TAMBÉM| Investigação de homicídios leva à prisão de 10 suspeitos de integrar facção criminosa

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar