PUBLICIDADE
Noticia

Cantor é assassinado na frente da própria residência em Maracanaú

A vítima tinha 33 anos e foi atingida por uma disparo no peito. Ainda não existem informações sobre suspeitos

14:47 | 19/03/2021
Cantor de 33 anos é assassinado com tiro no peito em Maracanaú  (Foto: Arquivo pessoal/ Instagram)
Cantor de 33 anos é assassinado com tiro no peito em Maracanaú (Foto: Arquivo pessoal/ Instagram)

Na madrugada desta sexta-feira, 19, o cantor Johnny Alves de Lima, de 33 anos, foi assassinado com um tiro no peito em frente ao próprio estabelecimento comercial. O restaurante "Buteco do Johnny Lima" fica localizado no imóvel onde o artista e comerciante morava, na Avenida Onze, no bairro Jereissati II, no município de Maracanaú. 

 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a equipe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) foi acionada e compareceu ao local, além Polícia Militar do Ceará (PMCE) e a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). Um inquérito policial foi instaurado pelo DHPP e será transferido para o Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, que irá apurar as circunstâncias acerca do crime.

ATUALIZAÇÃO: Suspeito de matar cantor na frente de residência em Maracanaú é preso e confessa crime

As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou ainda para o número (85) 98619-0309, que é o WhatsApp do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) de Maracanaú, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.