PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Ceará registra chuva em mais de 100 municípios pelo terceiro dia consecutivo

Segundo relatório apresentado pela Funceme, tendência é de mais precipitações no estado até a próxima sexta-feira, 5

10:55 | 03/03/2021
Registro de chuva em Fortaleza no mês de março (Foto: VIA WHATSAPP)
Registro de chuva em Fortaleza no mês de março (Foto: VIA WHATSAPP)

Esta quarta-feira, 3, é mais um dia em que os cearenses acordaram sob chuva. Os primeiros dias do segundo mês da quadra chuvosa de 2021 seguem a tendência de crescimento na média de precipitações, acompanhando os últimos dias de fevereiro.

Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia a Recursos Hídricos (Funceme), o Ceará registrou chuvas em mais de cem municípios pelo terceiro dia consecutivo. Até as 12h30 desta quarta-feira, 3, o balanço apontava chuva em 112 dos 144 municípios informados.

As informações preliminares da Funceme indicam que as precipitações chegaram a todas as macrorregiões do Estado no intervalo entre as 7h da manhã da última terça-feira, 2, e as 7h desta quarta-feira. O cenário confirma a previsão do tempo anunciada no início da semana.

LEIA TAMBÉM | Com alagamentos em Fortaleza, março começa com chuvas intensas no Ceará

LEIA TAMBÉM | Chuvas em fevereiro são melhores que o esperado e alcançam média histórica

Dentro das últimas 24h observadas, os acumulados foram menores em relação aos dois primeiros dias da semana. As primeiras avaliações apontam que os maiores registros foram em Ipueiras (Posto América) com 44,0mm, Campos Sales (Posto Açude Poço de Pedras) com 38,1mm, Campos Sales (Posto Sede) com 37,2mm, Massapê (Posto Tangente) com 34,2mm e Abaiara (Posto Abaiara) com 32,0 mm.

Os últimos registros de chuva no Ceará estão relacionados à formação de áreas de instabilidade sobre o oceano Atlântico, proximidade da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principalmente no centro-norte/noroeste, além de outros fatores físicos locais, como a temperatura e o próprio relevo. Essas condições deverão se manter até a próxima sexta-feira, 5.

Segundo a previsão do tempo realizada pela Funceme para esta quarta-feira, 3, é esperado o predomínio de céu variando entre claro e parcialmente nublado em todas as macrorregiões, com precipitações mais intensas na região da Ibiapaba e isoladas no Litoral Norte. Nos demais pontos, há possibilidade de registros mais restritos e com intensidade variando entre fraca e moderada.

Já para esta quinta-feira, 4, a área com registro de chuvas deverá aumentar no Estado, deixando toda a faixa litorânea, Ibiapaba e Maciço de Baturité sob condições de possibilidade de chuva. Para o centro-sul, são esperadas precipitações isoladas.

Por fim, para a próxima sexta-feira, 5, a tendência é de que o céu tenha predomínio de nebulosidade variável, com chuva isolada em todas as regiões.

LEIA TAMBÉM | Em começo de quadra chuvosa, apenas quatro municípios cearenses têm chuvas nas últimas 24 horas

Chuvas em 2021

Segundo o balanço diário apresentado pela Funceme, no primeiro dia de março, a média de chuvas no Ceará atingiu 14,7mm, já o segundo dia registrou precipitações ainda maiores, alcançando a média de 19,7 mm. Em um comparativo com os primeiros dias de fevereiro, primeiro mês da quadra chuvosa no Ceará, os números sinalizam uma melhora nas precipitações.

Em 2021, até o décimo dia de fevereiro, só havia chovido 0,2% dos 118,6 milímetros da média histórica do mês. Para este ano, as previsões da Funceme apontam que os primeiros três meses da quadra chuvosa (fevereiro, março e abril) possuem 50% de chances de ficarem abaixo da média do período.

Mesmo com o baixo número de precipitações durante os primeiros dias de fevereiro, a média de chuvas do mês foi superior à média histórica em mais de 11%, graças às chuvas registradas durante a segunda metade do mês. Ao todo, foram acumulados 132,2mm em fevereiro.

No último dia 22, uma nova projeção foi feita para apresentar as previsões referentes ao trimestre que correspondente aos meses de março a maio.  A expectativa de 50% de risco de chuvas abaixo da média se manteve para o período. Em ambos os prognósticos existe 40% de chance de chuvas em torno da média e apenas 10% de chance do volume total ser acima da média histórica.

Durante o mês de janeiro de 2021, o Estado registrou 48 milímetros em toda a sua região, enquanto a média para o período é de 98 milímetros.

LEIA TAMBÉM | Março começa com madrugada e manhã de chuva intensa em Fortaleza

Média histórica da quadra chuvosa no Estado :

Fevereiro: 118,6 milímetros

Março: 203,4 mm

Abril: 188 mm

Maio: 90,6 mm

Prognóstico da Funceme para o trimestre de março a maio:

Acima da média histórica: 10%

Na média histórica: 40%

Abaixo da média histórica: 50%

Chuvas em 2021

Janeiro: 48,5mm/-50,8% da média histórica

Fevereiro 132,2mm/+11,4% da média histórica

Fevereiro (até dia 3): 33,2mm (equivale a 16,3% da média histórica do mês)