PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Enfermeira é presa por fazer empréstimo e comprar remédio usando nomes de pacientes internados

A profissional de saúde já havia sido afastada do cargo após suspeita, que se confirmou com o flagrante

12:20 | 15/02/2021
Enfermeira fez selfie com RG de paciente para contrair empréstimo de R$ 3,6 mil em financeira.  (Foto: Divulgação/PCCE)
Enfermeira fez selfie com RG de paciente para contrair empréstimo de R$ 3,6 mil em financeira. (Foto: Divulgação/PCCE)

Uma enfermeira da Unidade de Pronto Atendimento (Upa) em Icó, a 384 km de Fortaleza, foi presa em flagrante por estelionato após usar documento de uma paciente da unidade para realizar compras.

Desde o dia 2 de fevereiro, a profissional da saúde estava afastada do cargo, depois do levantamento de uma suspeita do uso de documentos em nomes de pacientes que estavam internados na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para empréstimos bancários. No momento alvo de investigação, a enfermeira solicitou um empréstimo no valor de R$ 3,6 mil em nome de uma paciente de 35 anos da unidade hospitalar. Ela foi presa na última sexta-feira, 15.

No flagrante, o filho de outra mulher que teve a documentação utilizada prestou uma denúncia de que sua mãe teve o nome indevidamente usado em um comércio do município para a compra de remédios. Com a localização do destino das compras registrada, os policiais civis chegaram ao local, onde confiscaram cinco caixas de medicamentos comprados com uma nota promissória em nome da mãe do denunciante.

A enfermeira foi presa em flagrante pelo crime de estelionato na sede da Delegacia Regional de Icó e depois encaminhada para uma penitenciária em Juazeiro do Norte, no Cariri.

Leia Mais - Veja lista de profissionais de saúde que receberão segunda dose hoje, 15 de fevereiro (15/02)