PUBLICIDADE
Ceará
Noticia

50 motoristas são impedidos de seguir viagem na CE-040 no 1º dia do decreto no Carnaval

Rodovia liga Fortaleza às principais praias do Estado, como Morro Branco, Majorlândia e Canoa Quebrada, pontos tradicionais da folia carnavalesca no Ceará

Mirla Nobre
16:27 | 12/02/2021
Detran está atuando para impedir o transporte irregular de passageiros fora da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) (Foto: Ítalo Cosme)
Detran está atuando para impedir o transporte irregular de passageiros fora da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) (Foto: Ítalo Cosme)

Nesta sexta-feira, 12, primeiro dia de vigência do novo decreto estadual para o período que seria de Carnaval no Ceará, 50 pessoas foram impedidas de continuar a viagem na CE-040 por não apresentaram justificativa sobre o destino que iam, e tiveram que voltar do posto da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) localizado na via, informou a Polícia Militar do Ceará (PMCE). A rodovia liga Fortaleza às principais praias do Estado, como Morro Branco, Majorlândia e Canoa Quebrada, pontos tradicionais da folia carnavalesca no Estado.

O decreto suspendeu o transporte intermunicipal de passageiros, individual ou coletivo, regular e complementar. Apenas o transporte metropolitano será mantido. As regras começaram a valer nesta sexta-feira e seguem até o próximo dia 17, Quarta-Feira de Cinzas.

Leia Também |

Longas filas se formam em barreiras sanitárias nas saídas de Fortaleza

Camilo anuncia controle na entrada e saída de Fortaleza e suspende transporte intermunicipal no Carnaval

Entrada e saída de Fortaleza deverá ser justificada por documentos

Também auxiliando nas medidas do decreto estadual, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE) está atuando para impedir o transporte irregular de passageiros fora da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Abordagens a ônibus, topiques e carros particulares estão sendo feitas por agentes do órgão. A entrada e saída de veículos em Fortaleza são autorizadas apenas para deslocamentos em casos de saúde, moradia, trabalho, transporte de cargas ou outras situações que estão previstas no decreto.

 

De acordo com o diretor de Trânsito e Fiscalização do Detran-CE, Júlio Cavalcanti, o órgão vai atuar junto com os órgãos parceiros nas barreiras sanitárias que foram determinadas, ao todo são oito. “São oito barreiras fechando Fortaleza. O Detran vai acompanhar as barreiras que estão sendo colocadas pela Polícia. A gente vai fazer nosso trabalho de trânsito e a força policial vai fazer a parte de contenção do movimento das pessoas nas estradas”, informa.

Com informações do repórter Ítalo Cosme