PUBLICIDADE
Ceará
Noticia

Temperatura deve se manter amena no Ceará após chuvas e dia nublado; Tianguá registrou 16,8°C

Fortaleza chegou a registrar 22,6°C em meio às precipitações que ocorreram nesta segunda-feira, 6

Matheus Facundo
21:27 | 06/07/2020
Fortaleza amanheceu sob forte chuva nesta segunda-feira, 6 (Foto:  Júlio Caesar/O Povo)
Fortaleza amanheceu sob forte chuva nesta segunda-feira, 6 (Foto: Júlio Caesar/O Povo)

O cenário para temperaturas mais amenas no Ceará deve continuar durante a noite e a madrugada desta segunda-feira, 6, devido às fortes chuvas e ao tempo nublado registrado hoje no Estado. De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a nebulosidade reduz a incidência de raios solares e, assim, colabora para as baixas temperaturas.

Tianguá, município localizado na Serra da Ibiapaba, chegou a registrar 16,8°C, índice mais baixo do Estado neste período. As temperaturas mais amenas no Ceará nesta segunda-feira foram observadas ainda em Viçosa do Ceará, na região da Ibiapaba, com 20,7°C; Barro, na região Sul, registrou 21°C e Sobral, na região Norte, registrou 21,4°C.

Em Fortaleza, que amanheceu sob chuva nesta segunda e registrou pontos de alagamento, os termômetros chegaram a apontar 22,6°C, de acordo com a Funceme. O tempo mais frio, atípico na Capital, foi favorecido pelas precipitações que seguiram durante o dia e continuaram à noite, com menos força.

De acordo com a Funceme, a previsão do tempo para esta terça-feira, 7, é de nebulosidade variável em todas regiões com possibilidade de chuva na faixa litorânea e no Maciço de Baturité. Para as regiões Jaguaribana e Sertão Central, o indicativo é de chuva isolada. Análises do órgão apontam ainda continuidade de chuvas na região centro-norte. Devido ao cenário de favorecimento de precipitações, é provável que temperaturas mais baixas sejam observadas novamente.

Rajadas de vento

Aliado ao tempo nublado, mais ameno e chuvoso, foram registradas rajadas de vento, que são o aumento repentino da velocidade do fenômeno. A maior foi em Iguatu, na região centro-sul, com 43,56 km/h.

Maiores rajadas desta segunda:

43,56 km/h - Iguatu
36,72 km/h - Tauá
35,64 km/h - Sobral
35,28 km/h - Jaguaruana
33,48 km/h - Barbalha