PUBLICIDADE
Ceará
Noticia

Detento morre após passar mal em unidade prisional do Ceará

Secretaria de Administração Penitenciária afirma que morte foi em decorrência de complicações de HIV e afirma que não há casos de suspeita ou confirmação da covid-19 no sistema prisional cearense

Jéssika Sisnando
16:43 | 23/03/2020

Atualizada às 14h19min

Um detento morreu após passar mal em uma unidade prisional no domingo, 23. HIV positivo, o interno foi encaminhado a uma Unidade de Pronto Atendimento (Upa), mas não resistiu.

De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), no contexto de 24 mil pessoas no sistema penitenciário, acontece de ter uma faixa de óbitos de até cinco casos por várias razões.

De acordo com a Secretaria, a morte foi na Casa de Privação Provisória de Liberdade Agente Elias Alves da Silva (CPPL 4), em razão de complicações de infecção por vírus HIV.  De acordo com a SAP, não há casos de suspeita ou confirmação de covid-19 no sistema prisional do Ceará.


Mudanças na SAP

Após o registro de casos no Ceará, a SAP proibiu a visita a internos do sistema penitenciário. Também houve a proibição da entrega dos malotes, que são produtos de higiene e de limpeza entregues pelas famílias. Conforme o órgão, os presos seguem recebendo, da própria Secretaria, produtos considerados básicos de limpeza e higiene. Além de água e refeições.