PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

"Prendemos todos os líderes de uma das facções no Estado", diz Camilo Santana

Governador também declarou que o Estado tem realizado "trabalho forte de desmantelamento das organizações criminosas"

15:50 | 02/11/2019
Camilo Santana teceu duras criticas ao Governo Federal
Camilo Santana teceu duras criticas ao Governo Federal (Foto: Reprodução/Instagram )

O governador Camilo Santana (PT) afirmou na manhã deste sábado, 2, que o Estado tem trabalhado para desarticular grupos criminosos com atuação no Ceará. Para tanto, segundo ele, todos os líderes de uma das facções foram presos neste ano. Outra ação realizada é a de transferência para presídios federais.

Ao comentar a reportagem do O POVO sobre a transferência para penitenciárias federais de 12 detentos que teriam ordenado os mais recentes ataques no Ceará, Camilo disse: “O trabalho vai continuar 24 horas por dia”.

LEIA TAMBÉM | Primeira ação conhecida de uma facção no Ceará foi o sequestro de empresária cunhada de Tasso Jereissati, há 27 anos

 

“O Ceará tem feito um trabalho forte de desmantelamento das organizações criminosas. Nós prendemos todos os líderes, neste ano, de uma das facções no Estado e também estamos transferindo para outras unidades”, afirmou.

A facção apontada como responsável pela última onda de ataques, em setembro, é a Guardiões do Estado (GDE). De perfil jovem, desorganizado e intempestivo, ela teria provocado onda de ataques justamente como reação contra a repressão que a levou a uma crise financeira.

Como forma de dar mais suporte para a segurança pública, ele também anunciou a inauguração, neste mês, da primeira unidade de segurança máxima do Ceará.

Com informações de Bruna Damasceno