PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

"Quero todas as estradas do Ceará em bom estado para a população", diz Camilo Santana

Governador assinou nesta sexta-feira, 5, ordens de serviço para o plano de recuperação das rodovias estaduais

13:42 | 05/07/2019
Governador assinou nesta sexta-feira, 5, ordens de serviço para o plano de recuperação das rodovias estaduais
Governador assinou nesta sexta-feira, 5, ordens de serviço para o plano de recuperação das rodovias estaduais (Foto: Rubens Rodrigues / O POVO)

Atualizada às 14h20min

O governador Camilo Santana (PT) assinou nesta sexta-feira, 5, ordens de serviço do plano de recuperação das rodovias estaduais, danificadas durante a última quadra chuvosa. Em evento no Palácio da Abolição com a presença de prefeitos, vereadores e deputados cearenses, o petista afirmou que havia determinado a integrantes do Governo um levantamento para realizar programa emergencial de recuperação das estradas.

“Eu quero todas as estradas do Ceará em bom estado de conservação e trafegabilidade para a população”, afirmou Camilo em discurso. De acordo com o Governo Estadual, 59 trechos receberão intervenções, somando 1.731,99 quilômetros. Com ordens de serviço já assinadas, o prazo de execução é de seis meses. O valor previsto para o projeto é R$ 219.402.046,16. 

Camilo enfatizou que não se trata de uma medida paliativa. “O que vamos lançar não é tapa-buraco, essa operação vai continuar, mas aqui é restaurar, tirar o pavimento, recuperar, depois sinalizar. É deixar a estrada em bom estado de trafegabilidade”, evidenciou.

O governador contou que recebe muitas demandas pelo Facebook, durante transmissões ao vivo, de seguidores pedindo a recuperação de estradas. Segundo ele, houve determinação para que o antigo Departamento Estadual de Rodovias (DER) – fundido em maio com o Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE) na nova Superintendência de Obras Públicas (SOP) – fizesse levantamento de “todas as estradas do Ceará” que precisam de melhorias.

Em coletiva de imprensa, o petista afirmou que todas as obras já estão autorizadas e devem ser iniciadas. Empresas, porém, estariam alegando que não seria possível fazer “tudo de uma vez”, comunicou Camilo. “Estou pedindo para priorizar, por exemplo, a CE-085 que é uma estrada turística, importante para o Estado, que tem o tráfego para o Porto do Pecém”, disse. Segundo o petista, “a recuperação vai se iniciar nas estradas com maior fluxo de veículos”, como estradas turísticas, “mas todas deverão ser feitas”.

“Vamos ficar cobrando, fiscalizando e acompanhando. E eu peço para que a população também faça isso, fiscalize, saiba a velocidade da obra, reclame se o serviço não estiver bem feito. O que eu quero é a boa qualidade das estradas cearenses nos próximos meses”, declarou, contando ainda que o Governo estava “esperando” que o período chuvoso cessasse, porque, “recuperar estrada durante situações de chuva é jogar dinheiro fora”.

RECURSOS DO ESTADO

Os quase R$ 22 milhões investidos no projeto são do próprio Tesouro do Estado, informou Camilo Santana. Mesmo em momento de crise financeira no País, com seguidas reduções da projeção de crescimento econômico para o ano e com estados endividados, o governador afirmou que o Ceará tem feito “esforço muito grande” para manter equilíbrio nas contas públicas.

“As obras não terão problema de pagamento, por isso peço velocidade. Agora quero obra bem feita, com qualidade para atender a demanda da população cearense. O Ceará tem sido um exemplo, não estamos imunes do problema nacional, vivemos uma crise na economia brasileira, mas temos feito um esforço muito grande para manter um equilíbrio fiscal, a boa gestão, porque isso nos potencializa para fazer investimentos”, salientou.

 

Com informações do repórter Rubens Rodrigues

Wanderson Trindade