PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Caucaia vai requalificar 500 vias nos próximos cinco anos; investimento é de R$ 320 milhões

Programa compreende ao todo 500 vias e tem prazo de cinco anos para conclusão

13:15 | 02/07/2019
O prefeito Naumi Amorim assinou ordem de serviço nessa segunda-feira, 1º
O prefeito Naumi Amorim assinou ordem de serviço nessa segunda-feira, 1º(Foto: Divulgação)

A cidade de Caucaia receberá o que deve ser o maior programa de obras do Município com requalificação imediata de 16 quilômetros de 11 ruas na Grande Jurema só na primeira etapa. Anunciado pelo prefeito Naumi Amorim (PMB), o programa compreende ao todo 500 vias e investimento de R$ 320 milhões financiados integralmente pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF). Naumi assinou ordem de serviço nessa segunda-feira, 1º.

Além da Jurema, o programa interliga a sede da Cidade, o distrito de Jurema e o litoral caucaiense com obras de drenagem, pavimentação e sinalização. De acordo com a Prefeitura, este é o primeiro financiamento internacional nos 259 anos de Caucaia, além de ser o maior valor já liberado pelo CAF para uma cidade cearense que não seja Fortaleza.

De acordo com o coordenador da Unidade de Gerenciamento de Projetos de Caucaia, Fábio Mota, que também coordena o Avança Caucaia, o programa deve abarcar todos os bairros da região urbana. São 10 bairros só na Grande Jurema, composta por Araturi, Arianópolis, Nova Metrópole, Marechal Rondom, Parque Albano, Parque das Nações, Parque Guadalajara, Parque Potira, São Miguel e Tabapuá. Ao todo, o município da Região Metropolitana de Fortaleza tem 54 bairros.

Contratualmente, a Prefeitura tem 12 meses para entregar a primeira etapa do programa. Já a finalização do Avança Caucaia pode ocorrer em até cinco anos. Fábio Mota adianta que a expectativa é concluir tudo em três anos. "Caucaia é o município brasileiro que tem recorde de celeridade na aquisição do financiamento externo. A gente quer ter esse mesmo resultado na execução", pontua.

A primeira etapa deve incluir a resolução de um problema presente na rotina de quem vive nos bairros divididos pela BR-020, rodovia que liga Brasília a Fortaleza. As alças da BR, que dão acesso a bairros como Nova Metrópole e Conjunto Metropolitano, sofrem com crateras que atrapalham o trânsito e dificultam o acesso dos moradores. Além disso não há, por exemplo, plataforma para pedestres.

"Hoje a gente tem uma negociação com DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para implantação de uma rua paralela à BR", afirma o coordenador do Avança Caucaia. "As ruas não podem desaguar diretamente na rodovia por questão de segurança viária".

Avança Caucaia

O programa Avança Caucaia, realizado por meio da Unidade de Gerenciamento de Projetos, deve gerar 4 mil empregos e mil microempreendedores individuais capacitados. Além das ações de drenagem, pavimentação e sinalização, a Cidade deve ganhar cinco novas praças, um Centro Social de Eventos e ecopontos.

Ao todo, serão 88 quilômetros de vias e áreas urbanizadas, 49 quilômetros de rotas de ônibus requalificadas e 18 quilômetros de vias estruturantes implantadas. A requalificação inclui ainda ponte, viaduto, lagoas urbanizadas, sistema de videomonitoramento, sistema de iluminação pública e requalificação do Centro Histórico.

"Caucaia tem bairros margeados por rios, como o São Miguel e o Parque das Nações. Será construída uma ponte interligando esses dois bairros e deve refletir em desenvolvimento na região porque são bairros que têm certa vulnerabilidade social", explica Fábio Mota. "O único ponto de acesso que eles (os moradores) têm com a Jurema é a avenida Dom Almeida Lustosa, que hoje atende bem, mas no futuro precisará de uma nova via para desafogar o trânsito e preparar a Grande Jurema para os próximos anos", projeta.

Rubens Rodrigues