PUBLICIDADE
Ceará
cariri

Médico acusado de agredir bebê é preso em restaurante após descumprir medida judicial

Acusado acertou com uma pedra um bebê de 11 meses

19:29 | 10/03/2019

Alcides Muniz Gomes de Matos Filho, 41, foi preso em um restaurante em Juazeiro do Norte, na manhã deste domingo, 10, por descumprir ordem judicial que limitava lugares a serem frequentados pelo médico. De acordo com a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), o homem foi conduzido até a sede da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte.

Ele foi preso em 28 de fevereiro por força de um mandado de prisão preventiva, após apurações da Delegacia Regional do Crato. Alcides é acusado por ter lesionado gravemente uma criança de 11 meses, com uma pedrada, após uma discussão com o pai do bebê.

Atualmente, por decisão da Justiça, o homem se encontrava em liberdade mediante um alvará de soltura, que determinava que o acusado ficasse em casa no período de folga ou aos fins de semana. No entanto, ele foi flagrado em um restaurante da região.

Ele foi levado pela Polícia Militar do Ceará (PMCE) até a delegacia, onde foi ouvido. Em razão do alvará não determinar a medida a ser adotada em caso de descumprimento, o fato foi registrado e será comunicado ao Poder Judiciário para serem adotadas as medidas cabíveis.

Redação O POVO Online