PUBLICIDADE
Notícias
QUADRA CHUVOSA

Mais de 70 municípios cearenses registram chuva nesta quinta-feira

Depois de forte chuva que causou transtornos, Fortaleza amanhece sem precipitações

09:18 | 07/03/2019
Chuva atrapalha as obras da avenida Beira Mar e deixa avenida intransitável. (Foto: Mauri Melo/O POVO).
Chuva atrapalha as obras da avenida Beira Mar e deixa avenida intransitável. (Foto: Mauri Melo/O POVO).

Choveu em mais de 70 municípios do Ceará no intervalo entre as 7 horas de quarta-feira e as 7 horas desta quinta-feira, 7, segundo balanço parcial da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Dados coletados às 9h10min indicam precipitação em 80 municípios.

O município com maior registro foi Amontada, na Região Norte, com 77 milímetros (mm). Em Fortaleza, no mesmo período, choveu 30,2 mm. 

A previsão para hoje é de céu nublado com eventos de chuva no Litoral, na Ibiapaba, no Maciço de Baturité e na região Jaguaribana. Nas demais regiões e para o fim de semana, a Funceme prevê nebulosidade variável com chuvas isoladas.

Confira as 10 maiores chuvas por posto nas últimas 24 horas:

  • Amontada (Posto: Icaraí de Amontada): 77 mm
  • Caucaia (Posto: Sítios Novos): 75 mm
  • São Gonçalo do Amarante (Posto: Croata): 74 mm
  • São Gonçalo do Amarante (Posto: Sede) : 72 mm
  • São Gonçalo do Amarante (Posto: Santo Amaro): 58.2 mm
  • Maracanaú (Posto: Maracanaú): 55 mm
  • São Gonçalo do Amarante (Posto: São Gonçalo do Amarante): 49 mm
  • Reriutaba (Posto: Amanaiara): 45 mm
  • Pentecoste (Posto: Casa de Pedra): 45 mm
  • São Gonçalo do Amarante (Posto: Siupe): 41 mm

Alerta

Na tarde dessa quarta, 6, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) alertou sobre risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios por causa da chuva no Ceará.

De acordo com meteorologistas da Funceme, esse cenário se dá pela proximidade da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) da costa norte cearense, além da elevada umidade do ar e a direção dos ventos, que estão contribuindo para a movimentação das nuvens rumo ao Estado.

Balanço

O prognóstico da Funceme para o período chuvoso de março a maio de 2019 indica 40% de probabilidade de chuvas em torno da média, 35% para a categoria abaixo da média e 25% acima dela. Os dados foram divulgados na última quinta-feira, 28.

Em fevereiro, primeiro mês da quadra chuvosa, balanço parcial da Funceme indica chuvas acima da média para o Estado como um todo. O observado foi de 176.6 milímetros, o que representa 48,9% acima da média histórica. Quanto às macrorregiões, os litorais de Fortaleza e Norte registraram as maiores médias com 283.1 mm e 274.9 mm, respectivamente, o que representa desvios positivos de 111,7% e 80,3%.

Na Região do Cariri, por outro lado, o volume acumulado foi de apenas 109,5 mm, correspondendo a um desvio de -30,6%.

Redação O POVO Online