PUBLICIDADE
Notícias
Segurança Pública

Polícia prende dupla suspeita de participação em ataques no município de Marco

Contra os indivíduos, havia mandados de prisão em aberto por latrocínio, no município de Amontada, e um homicídio, em Marco

22:20 | 13/02/2019

Uma dupla foi capturada operação policial realizada em Bela Cruz, distante 237,1 quilômetros de Fortaleza. Raimundo Nonato dos Santos, de 22 anos, e Emanoel Carlito de Sousa dos Santos, de 19, mais conhecidos como "irmãos pebas", são suspeitos de participação em ataques a prédios públicos no município de Marco. Em janeiro de 2019, uma série de atentados aconteceu na Capital, Região Metropolitana e interior do Estado.

Eles são investigados por crimes de homicídio, roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Contra os indivíduos, havia mandados de prisão em aberto por latrocínio, no município de Amontada, e um homicídio, em Marco. Conforme investigações da Polícia, eles faziam parte de uma quadrilha, que conta com mais dois parentes.

De acordo com Alan Pereira, titular da delegacia de Jijoca de Jericoacoara, os homens são integrantes de uma organização criminosa e seriam responsáveis pela execução de crimes de homicídios em Mocambo.

A Polícia recebeu informações de que os indivíduos estavam na zona rural de Bela Cruz e, após diligências dos agentes de segurança, eles foram capturados. Durante a ação, outro suspeito que estava com a dupla conseguiu escapar. Até a publicação desta matéria, ele não havia sido preso.

Com os "irmãos peba" foram encontrados celulares, pendrive, além de um revólver calibre 38, de numeração raspada, com cinco munições. Eles foram levados para a Delegacia Municipal de Jijoca de Jericoacoara, onde foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

No mesmo dia, a Polícia realizou operação em Acaraú, que resultou na prisão de mais duas pessoas. Um deles é apontado como chefe de uma facção criminosa na região e teria ordenado ataques no Município.

Israel Gomes