PUBLICIDADE
Cariri
NOTÍCIA

Confira alimentos que apresentaram queda ou aumento na Ceasa Cariri

O melão amarelo registrou queda de 38,5%, enquanto o molho de coentro de 3,6Kg, apresentou aumento de 87,5%. Confira mais preços na matéria

16:32 | 03/08/2020
Alimentos têm alta e baixa nos preços,  na Ceasa Cariri  (Foto: MAURI MELO/O POVO)
Alimentos têm alta e baixa nos preços, na Ceasa Cariri (Foto: MAURI MELO/O POVO)

O público habituado a comprar na Ceasa Cariri pode observar uma queda no valor de alguns produtos comercializados no local. Entre os dias 25 de junho a 30 de julho, o preço do melão amarelo, por exemplo, teve baixa de 38,5% no quilo, passando a ser vendido a R$ 1,60. Outros alimentos no setor de frutas que também apresentaram uma queda significativa foram a ameixa, com uma queda de 21,8%, sendo vendida a R$ 11,50/Kg; o abacate grande, com queda de 12,5%, vendido agora a R$ 2,80 a unidade e a banana prata, com redução de 10%, vendida a R$ 1,80 /kg. 

Entre as hortaliças, a batata inglesa apresentou uma queda de 26% (vendida agora a R$ 2,60)e a beterraba roxa, 25% (encontrada a R$1,80/Kg). O chuchu e o pimentão apresentaram uma queda de 20%, sendo encontrados, respectivamente, por R$ 1,60 e R$ 2, o quilograma.

Já entre os alimentos que apresentaram elevação no preço, estão a goiaba e o mamão formosa, com aumento de 25% do preço anterior, custando, agora, R$ 2 e R$ 1/kg, respectivamente. A uva benitaka apresentou um aumento de 17,5%, encontrada a R$ 4,79/Kg, além do melão japonês, que apresentou aumento de 15,4%, vendido a R$ 3/Kg.

Além destes, também teve alta (87,5%) o molho de coentro, encontrado a R$ 15. A cenoura é, atualmente, encontrada por R$ 3,20/Kg, apresentando um aumento de 45,5%. A batata doce teve elevação de 37,5% no preço comercial, vendida agora a R$ 2,20/Kg. A alface hidropônica teve aumento de 28,6%, sendo vendida a R$ 1,80 a unidade. As informações são do analista de mercado da Ceasa Odálio Girão.