PUBLICIDADE
Cariri
NOTÍCIA

Prefeito de Barbalha reclama de demora no retorno de resultados de casos suspeitos para Covid-19

De acordo com o Argemiro Sampaio, o município está há 15 dias aguardando os resultados

Catalina Leite
11:51 | 31/03/2020

O prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio, utilizou as redes sociais para divulgar preocupação em relação aos testes de casos suspeitos para Covid-19 no município. O gestor afirmou, em entrevista à rádio O POVO CBN, que aguarda há 15 dias o retorno dos resultados enviados ao Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará (Lacen) e ao Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce).

"É uma preocupação muito grande, fazer vigilância de saúde sem saber onde o vírus está atuando. Fica difícil", desabafa Argemiro. Ele afirma que Barbalha enviou amostras de casos suspeitos no mesmo período que Crato e Juazeiro, que já tiveram retorno. Juazeiro tem um caso confirmado, segundo informações da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa).

O prefeito explica que Barbalha tem 22 casos suspeitos, mas teme que o cenário seja pior. "Nas outras cidades, em 15 dias, os casos estão quadruplicando. Faz 15 dias que eu não sei o que está acontecendo na minha cidade", diz.

Na tentativa de receber retornos mais rápidos, a prefeitura de Barbalha está tomando todas as medidas legais para poder utilizar um laboratório de sistema de verificação de óbitos, parceria com a Universidade Federal do Cariri (UFCA), para realizar exames laboratoriais. "Lá, a máquina é uma das mais modernas, faz cem exames por dia, então Barbalha e outros municípios do Cariri podem dispor. Com certeza vai ser uma mão na roda", considera.

Em relação aos 350 mil kits de testagem rápida adquiridos pelo Governo do Ceará, Argemiro explica que ainda não recebeu nenhuma informação de quantos serão destinados para Barbalha.