Participamos do

Atendente do McDonald's é baleado após discussão por cupom de desconto

Esta foi a segunda vez que o rapaz teve problemas com clientes. No início de abril, ele já havia sido ameaçado por pessoas que tentavam pagar um lanche com uma nota falsa de R$ 200
13:33 | Mai. 09, 2022
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Mateus Domingues Carvalho, de 21 anos, atendente do McDonald's da Taquara, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, foi agredido e baleado por um cliente no início da madrugada desta segunda-feira, 9. O rapaz, atingido na barriga pelo disparo, foi socorrido e levado ao Hospital Municipal Lourenço Jorge. A Polícia investiga o caso.

Pessoas que estavam no local disseram que a agressão começou por conta de um cupom de desconto, conforme informações do G1 Rio de Janeiro. Mateus chegou ao hospital com quadro estável.

O tiro teria sido efetuado por um cliente que realizou o pedido no drive-thru da rede de fast food. O cliente não informou que tinha cupom e, quando foi receber a comida e pagar, teria solicitado o desconto a Mateus. O atendente, porém, informou que o tíquete precisava ser repassado no início do pedido.

“O cliente começou a gritar na pista do drive. Que se não tratasse ele bem, ele invadia o estabelecimento e daria um tiro no funcionário. E ele aplicou um disparo de arma de fogo à queima-roupa dentro do estabelecimento”, falou uma testemunha ao G1.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine


Esta foi a segunda vez que Mateus teve problemas com clientes, de acordo com a apuração. No início de abril, ele havia sido ameaçado por pessoas que tentavam pagar um lanche com uma nota falsa de R$ 200.

Em nota, o McDonald's disse lamentar o ocorrido e prestar ajuda ao funcionário. “A empresa está acompanhando e dando todo o suporte para seus familiares e já está colaborando com as investigações sobre o caso”, informa.

A Polícia realiza buscas para capturar o agressor, que se encontra foragido. A 32ª DP (Taquara) é a unidade responsável pelas investigações. Além de ouvir testemunhas, o órgão solicitou as imagens das câmeras de segurança do estabelecimento.



Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar