Participamos do

Teste que detecta dois tipos de gripe e Covid-19 é disponibilizado em farmácias do Brasil

Apesar de detectar o tipo de vírus, o teste não detecta a variante, o que só pode ser feito por sequenciamento genético
14:05 | Dez. 27, 2021
Autor Danrley Pascoal
Foto do autor
Danrley Pascoal Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com o avanço da variante Ômicron e o surto de gripe impulsinado pelo vírus H3N2, laboratórios e hospitais passaram a oferecer um novo teste 3 em 1, que detecta a Covid-19 e dois tipos de influenza. O modelo facilita o diagnóstico de médicos e acelera a escolha do tratamento. 

O setor de farmácias estima que 700 unidades pelo País já realizam o teste 3 em 1. De acordo com a Associação Brasileira de Farmácias (Abrafarma), mais de 10 mil testes já foram realizados só em dezembro. A testagem, no entanto, só é recomendada para quem vem tendo sintomas de gripe ou Covid com três a seis dias de duração, ou para quem teve contato com alguém contaminado.

O modelo já existe desde abril, mas era pouco vendido até então. Apesar de detectar o tipo de vírus, o teste não detecta a variante, o que só pode ser feito por sequenciamento genético. Embora seja um teste mais completo, o custo não tende a ser mais alto que o antígeno que detecta apenas coronavírus.



Alguns laboratórios e hospitais privados disponibilizam um teste ainda mais completo aos seus pacientes, no qual quatro doenças respiratórias podem ser identificadas. Influenza A e B, Covid-19 e o vírus sincicial respiratório, comum em crianças com bronquite. Em laboratório, as amostras genéticas ficam dentro de um único aparelho, que identifica as moléculas do vírus através de cores que determinam o tipo de doença.

A maioria dos exames realizados aponta para casos de gripe. Entre os testes com suspeita de influenza no País, 48% dão positivo, enquanto apenas 3% dos testes para Covid-19 realmente são positivos para o coronavírus. O infectologista Celso Granato destaca que a população deve consultar um médico antes de procurar realizar o exame, uma vez que a diferenciação entre as doenças pode ser feita apenas com os sintomas relatados.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags