PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Menino de três anos é encontrado morto na casa de vizinha na Bahia

Segundo a mãe da criança, o filho estava brincando na porta da casa da mulher, quando ela voltou para buscá-lo, ele não estava mais no local. Após horas de busca pelo bairro, a mãe viu a mesma vizinha colocando a criança em um saco plástico

Mirla Nobre
15:15 | 20/07/2021
O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em Salvador (Foto: Reprodução/Facebook)
O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em Salvador (Foto: Reprodução/Facebook)

Um menino de três anos foi encontrado morto pela mãe na casa de uma vizinha na madrugada desta terça-feira, 20. O caso ocorreu no bairro Nova Brasília de Valéria, em Salvador, na Bahia. A mãe da criança chegou a levar o filho à uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas ele chegou ao local sem vida. A vítima se chamava Luiz Fernando Góes Nogueira e, de acordo com a mãe dele, Daniela Góis, o menino estava na porta da casa da vizinha brincando com o filho da mulher e, quando voltou para buscá-lo, ele não estava mais no local.

Conforme Daniela, ao questionar sobre o desaparecimento do filho com a vizinha, ela contou que o pequeno tinha saído com outra criança. A partir disso, Daniela começou a realizar uma busca pelo bairro, mas não conseguiu encontrar o menino. Por volta das 1h30min da manhã, ao retornar para casa acompanhada de outra vizinha após as buscas, elas viram, por meio de um buraco na casa da vizinha, que a mulher mexia em um saco dentro da casa. As duas então insistiram para entrar no imóvel. 

LEIA TAMBÉM | Negada prisão preventiva de PMs acusados de balear criança e dois jovens em Hidrolândia

 + Homem é preso por suspeita de estupro de vulnerável em Jijoca de Jericoacoara

A mãe contou, em entrevista à TV Bahia, afiliada da Globo no estado, que viu a vizinha empacotando alguma coisa e botando debaixo da mesa. Ao perceber os movimentos da mulher, Daniela viu que era o corpo de uma criança. “Eu fiquei arrasada querendo arrombar para poder entrar. Quando eu entrei, peguei o saco e botei em cima da cama, o meu filho já estava morto dentro daquele saco de linhagem”, disse a mãe do menino. As informações são do portal UOL.

A Polícia Civil disse, em nota enviada ao portal UOL, que o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionado após a criança ter dado entrada na UPA sem sinais vitais. Uma investigação foi aberta para apurar o caso. Familiares e vizinhos estão sendo ouvidos.