PUBLICIDADE
Brasil
Noticia

Morre o músico Ricardo Baldino, baterista de grupos de pagode e samba

"Rick Batera" estava em São Paulo. Segundo Mônica Baldino, irmã do baterista, Ricardo teve um infarto após passar mal em uma quadra de futebol com amigos.

08:27 | 06/07/2021
Ricardo Baldino, baterista de grupos de pagode e samba, morre em São Paulo.
 (Foto: Reprodução/Instagram)
Ricardo Baldino, baterista de grupos de pagode e samba, morre em São Paulo. (Foto: Reprodução/Instagram)

Morreu na noite da última segunda-feira, 5, o baterista de grupos de pagode Ricardo Ely Baldino. Ricardo era conhecido como Rick Batera ou “Rick Lobisomem” entre os amigos. O músico morreu vítima de infarto,. Segundo a família, ele será cremado nesta terça-feira, 6, em cerimônia reservada à família.

A morte foi confirmada nas redes sociais por uma das irmãs do baterista, Mônica Patrícia Baldino. Segundo ela e as informações divulgadas pelo G1, o baterista teve um infarto após passar mal em uma quadra de futebol com amigos. A irmã lamentou a morte de Ricardo e disse que "a família e a música brasileira estão de luto". 

“O que dizer quando se perde um irmão? Não estamos preparados para esse momento, infelizmente. A dor, a consternação, desorientação e profunda tristeza nos domina. A Família Baldino está de luto. A música brasileira está de luto e perde o seu maior baterista. Meu irmão mais velho se foi.. Agora está junto aos nossos queridos ancestrais”, afirmou Mônica em suas redes sociais.

Artistas se manifestaram nas redes sociais e prestaram homenagem ao baterista. "Ricardo Eli Baldino, ou para todos nós, simplesmente @ricklobisomembatera, era, é e sempre será alguém que fazia parte da minha família, fazendo parte da família da música em primeiro lugar. A nossa vida é assim, um sopro. Descanse na paz de Deus. Até um dia", lamentou o cantor Péricles. 

Além de Péricles, o cantor Belo também se manifestou: “Eu discordo quando dizem que não há pessoas insubstituíveis. O talento, carisma, genialidade e, especialmente, a generosidade de Rick Lobisomem é a prova disso. O insubstituível por obra divina encontrou o inevitável. Meu amigo irmão nos pregou uma peça e foi ali ser generoso em outro plano, foi agradecer ao próprio Pai pelo seu talento. Partiu para nos deixar aqui com saudade”, comentou Belo.