PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Jovem confessa matar mãe e irmã a golpes de faca em Minas Gerais

Após esfaquear mãe e irmã, ele tentou suicídio cortando os pulsos, mas não conseguiu. Em seguida, se deslocou a uma unidade policial e confessou o crime

23:14 | 09/06/2021
A mãe tinha 49 anos e a irmã, 13. O jovem as matou, segundo informações da polícia, porque o acusavam de ser a causa da separação dos pais (Foto: Arquivo pessoal)
A mãe tinha 49 anos e a irmã, 13. O jovem as matou, segundo informações da polícia, porque o acusavam de ser a causa da separação dos pais (Foto: Arquivo pessoal)

Jovem de 20 anos foi preso suspeito de matar a mãe, 49, e a irmã, 13, com golpes de faca em Monte Azul, município no norte de Minas Gerais. Os corpos das vítimas foram encontrados na madrugada desta quarta-feira, 9, em um dos quartos da casa onde morava a família.

Segundo informações da Polícia Militar divulgadas pelo portal G1, o filho tentou suicídio cortando os pulsos, mas não conseguiu. Em seguida, se deslocou a uma unidade policial e confessou o crime.

“Não sabemos o horário do crime, mas ele procurou a unidade por volta das 5h40min com os pulsos cortados e um ferimento no pescoço. Ele chegou relatando ter cometido uma bobagem e estava indo se entregar. Eu perguntei o que havia acontecido e ele falou que tinha matado a mãe e a irmã”, explicou o sargento Guilherme Quintino Nobre.

Agentes se deslocaram à residência e encontraram o corpo da menina numa cama e o da mãe no chão. O número de facadas recebidas pelas vítimas ainda é desconhecido. Informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) apontam ferimentos no pescoço e na cabeça.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Janaúba, município próximo. O jovem foi preso em flagrante e escoltado a um hospital de Monte Azul. Guilherme conta que ele cometeu o crime porque estava indignado com a mãe.

“Ele falou que o motivo foi indignação porque era exposto pela mãe como se fosse o causador da separação dela com o pai”, disse o sargento. O rapaz também afirmou que matou a irmã porque ela também afirmava que ele causou o fim do relacionamento.