PUBLICIDADE
Brasil
Noticia

Mortes por Covid caem 95% em Serrana após vacinação em massa com Coronavac

Pesquisadores medem os efeitos da imunização em larga escala no município. A pesquisa é um ensaio do que pode acontecer com o Brasil quando a maior parte dos brasileiros receberem as duas doses do imunizante.

12:16 | 31/05/2021
Pesquisa aponta que o controle da transmissão do Covid-19 no município de Serrana se deu quando 75% da população elegível estava vacinada. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Pesquisa aponta que o controle da transmissão do Covid-19 no município de Serrana se deu quando 75% da população elegível estava vacinada. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

A oferta do imunizante contra a Covid-19 para toda a população do município de Serrana diminuiu em 95% o número de óbitos por Covid-19. É o que mostram os resultados preliminares do estudo feito pelo Instituto Butantan e divulgados pelo Fantástico, TV Globo, no último domingo, 30.

O chamado projeto S consiste em analisar o impacto e a eficácia da vacinação na redução de casos do novo coronavírus e no controle da pandemia. A pesquisa aponta que o controle da transmissão no município se deu quando 75% da população elegível estava vacinada, o que indica que esse é o percentual de imunizados que precisaríamos ter no País para atingir a imunidade pela vacina e frear as ações do vírus.

LEIA MAIS | Fortaleza poderá começar a vacinar população geral a partir da próxima semana

Médica dança forró com paciente recuperado de Covid após 94 dias de internação

A cidade tem 45 mil habitantes e foi escolhida para o estudo porque tinha altos índices de contágio. Ao todo, 27.160 mil habitantes acima de 18 anos receberam as duas doses da CoronaVac em uma campanha finalizada em meados de abril. Com 699 casos de infecção e 20 mortes em março, Serrana apresentou 251 casos e 6 mortes em abril.

“O efeito da vacinação passa a ser mais evidente a partir de duas semanas após a aplicação da segunda dose”, afirma o Ricardo Palacios, diretor de pesquisa clínica do Instituto Butantan. “Quando a gente atingir um raio de 75% da população vacinada, a gente vai atingir um nível suficiente de controle do vírus”, completa.

 Instituto Butantan divulga resultados preliminares de estudo feito em Serrana.
Instituto Butantan divulga resultados preliminares de estudo feito em Serrana. (Foto: Reprodução/Rede Globo)

De acordo com a reportagem, o número de casos sintomáticos caiu 80% e as internações foram reduzidas em cerca de 86%, enquanto 15 cidades vizinhas registraram alta no número de infectados. As reduções foram obtidas após dois meses da vacinação tendo como meta imunizar 80% da população alvo, os adultos da cidade. A pesquisa deve ser apresentada de forma mais detalhada em um coletiva de imprensa no Butantan nesta segunda-feira, 31.