Participamos do

Aranhas "gigantes" assustam moradores de bairro em Belo Horizonte

Aracnídeo mede em média 15 centímetros e pertence ao tipo 'armadeira', cuja picada, além de dolorosa, provoca sintomas como vômitos e confusão mental
20:12 | Mai. 10, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Morar no bairro Buritis, área nobre de Belo Horizonte, tornou-se motivo para ficar em alerta nos últimos dias. Isso porque moradores da região têm recebido a visita nada amigável de aranhas "gigantes", que medem em média 15 centímetros e são do tipo 'armadeira', aracnídeo peçonhento cuja picada, além de dolorosa, provoca sintomas como confusão mental, vômito e taquicardia.

O primeiro registro da presença desse tipo de animal em residências da região aconteceu no último fim de semana. Na ocasião, uma moradora foi surpreendida pela presença do aracnídeo na parede do apartamento dela e, assustada, divulgou o momento nas redes sociais. "Fiquei muito desesperada! Como tenho filhinhas pequenas, eu logo pensei: vai matar minhas meninas!", comentou ela ao portal UOL.

Logo após o registro, o animal passou a ser chamado de "aranha gigante", e os boatos da invasão do aracnídeo na área, bastante urbanizada, não pararam de crescer. Nos últimos dias, outros habitantes vivenciaram o encontro "aterrorizante".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

 

Heloisa Mello foi uma das moradores que encontraram a aranha, mas na ocasião o animal já estava morto- o que não a impediu de ter se assustado com a cena inesperada. "É verdade mesmo, gente. Ontem, recebi mensagem falando das aranhas no Buritis. Fiquei em pânico. Hoje, ao sair para trabalhar, dei de cara com essa aí. Estava morta, mas quase morri de medo", publicou nas redes sociais.

Além dela, pelo menos mais três moradores chegaram a ver o animal nos últimos dias e registraram a cena em plataformas como o Instagram. Nas imagens, o aracnídeo aparece morto ou escalando paredes, deixando a população em alerta. Os moradores ainda relataram, segundo o UOL, que a "invasão" estaria acontecendo devido ao excesso de construções que estariam agredindo as matas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags