PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Boto da Amazônia entra em lista vermelha de espécies ameaçadas

Dentre as motivações para a ameaça do boto tucuxi, a organização IUCN destacou algumas práticas de pesca, a construção de barragens nos rios da Amazônia e a poluição

17:18 | 11/12/2020
Filhote de boto tucuxi foi encontrado encalhado no fim do ano passado, no Rio Tapajós, que deságua no rio Amazonas (Foto: Foto: Semma Santarém/Divulgação)
Filhote de boto tucuxi foi encontrado encalhado no fim do ano passado, no Rio Tapajós, que deságua no rio Amazonas (Foto: Foto: Semma Santarém/Divulgação)

O boto tucuxi, conhecido animal que vive na bacia do rio Amazonas, entrou na lista vermelha de espécies ameaçadas da IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza), divulgada nessa quinta-feira, 10.

Dentre as motivações para a ameaça do tucuxi, a organização destacou algumas práticas de pesca, que utilizam equipamentos nocivos, e a construção de barragens nos rios, além de uma das principais problemáticas ambientais: a poluição.

LEIA + Vulnerável à extinção, tubarão-lixa é capturado por homens no Titanzinho

+ Caatinga tem 366 espécies ameaçadas de extinção

A IUCN pediu para que haja o fim das chamadas redes de emalhar, que são utilizadas para grandes capturas de pesca. Também houve orientação para reduzir o número de presas no habitat e que as autoridades façam fiscalização e cumpram a proibição de matar os animais intencionalmente.

No total, foram 31 animais confirmados como extintos. Agora, mais de um quarto das 128.918 espécies de animais, plantas e fungos que são avaliadas pela organização estão ameaçadas de extinção, representando um total de 35.765 em perigo.

A lista vermelha da IUCN é a avaliação mais confiável sobre animais e plantas que estão entrando em processo de extinção. Ela, que é atualizada periodicamente, se tornou um guia bastante utilizado para a preservação do meio ambiente.

Filhote de boto tucuxi encontrado encalhado

Um filhote de boto tucuxi foi encontrado encalhado no fim do ano passado, no Rio Tapajós, que deságua no rio Amazonas. Ele foi resgatado e levado a um zoológico. Segundo apurou o G1, equipes de resgate informaram que a mãe do animal pode ter sido morta ou o filhote se desgarrado.