PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Metrô de SP promove ações de combate ao preconceito contra idosos

13:03 | 06/12/2020
Estação Sumaré da linha verde do metrô de São Paulo. (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Estação Sumaré da linha verde do metrô de São Paulo. (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

O Metrô de São Paulo começou a promover ações de combate ao idadismo - preconceito contra pessoas idosas – desde a última terça-feira (1º). As ações incluem emissão de mensagens sonoras nos trens e estações, em televisores nas plataformas e dentro das composições, além de redes sociais. As falas das mensagens têm como objetivo conscientizar o usuário acerca da importância do respeito aos idosos.

Já nas redes sociais, os perfis oficiais do Metrô aderiram à campanha #OrgulhoSessentaMais, que deve atingir um público para além do passageiro habitual. As ações na companhia ocorrem em conjunto com a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, USP60+ e outros parceiros da sociedade civil organizada.

As TVs instaladas dentro dos trens reproduzirão quatro esquetes com dramatizações inspiradas no cinema mudo. A performance de atores voluntários da Cia. T3rceiro Ato tem o objetivo de evidenciar e fazer refletir, por meio da comédia, situações diversas e cotidianas de discriminação com base na idade.

Funcionários do Metrô

Os funcionários do Metrô também foram incluídos nas ações, para que sirvam de referência e combatam a discriminação, a marginalização e a exclusão social dessas pessoas. O Metrô reforça que quem tem idade igual ou superior a 60 anos tem garantidos direitos: a acessibilidade, o atendimento preferencial com auxílio de funcionários capacitados para tal, o número de assentos preferenciais acima da quantidade determinada e o bilhete do idoso são alguns exemplos.

Há ainda um programa de relacionamento específico, chamado “Experiente Cidadão”. Nas visitas às dependências da companhia, empregados do Centro de Controle Operacional formam grupos especiais com idosos. Além de ficar por dentro do funcionamento do sistema, tirar dúvidas e dividir experiências, o idoso recebe orientações de prevenção à queda e de bom uso do Metrô.