PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Empresário humilha e ameaça manobrista em Campinas: "Vou dar um tiro na cabeça desse merda aqui"

O motivo da violência teria sido um alerta do funcionário do bar sobre o fato de o empresário ter estacionado em local proibido

Alan Magno
07:31 | 04/12/2020
O empresário afirma por diversas vezes que irá atirar na cabeça do manobrista em uma discussão em um bar em Campinas (SP) (Foto: Reprodução Redes Sociais)
O empresário afirma por diversas vezes que irá atirar na cabeça do manobrista em uma discussão em um bar em Campinas (SP) (Foto: Reprodução Redes Sociais)

O caso de agressão verbal e ameaça de um empresário contra um manobrista em um bar na cidade de Campinas, em São Paulo (SP), está sendo investigado pela Polícia Civil do estado como uma ocorrência de injúria e ameaça de morte. A situação ocorreu no último sábado, 28, mas o registo ganhou repercussão nacional nas redes sociais nesta quinta-feira, 3.

A situação ocorreu pelo período noturno em um bar da cidade, após o empresário identificado como Tiago Zoain Gonçalves, de 40 anos, ter estacionado de forma irregular o próprio veículo quando se dirigia ao estabelecimento onde o manobrista Jailton do Nascimento, de 30 anos, trabalha.

Jailton teria alertado ao empresário que no local era proibido estacionar e se ofereceu para encontrar um local adequado para o carro de Tiago, que passou a ofender o funcionário do bar, conforme boletim de ocorrência registrado pela vítima. Toda a ocorrência foi registrada em vídeo por uma outra cliente do bar.

Além de uma série de insultos e palavrões, no vídeo é possível perceber que Tiago por mais de cinco vezes chama Jailton de “merda” e passa então a ameaçá-lo de morte. O empresário afirma ter uma arma no carro e que iria até o veículo para disparar contra o manobrista.

“Dá a chave do carro aqui, vou pegar meu cano [arma] lá. Vou dar um tiro na cabeça desse merda aqui. Seu merda. Vai ver o tamanho do buraco que sai atrás da sua cabeça, seu bosta”, disparou o empresário contra Jailton que estava sentado e em momento algum revida as ofensas e ameaças.

Além das ofensas pessoais e contra dignidade do manobrista, Tiago teceu ofensas ainda sobre a profissão exercida por Jailton. "Você é um merda. O que você ganha em um mês, eu gasto em um dia. Seu bosta", afirmou o empresário durante a onda de ataques verbais.

No vídeo é possível perceber ainda que Tiago gesticula fazendo sinal de arma com as mãos e apontando para a cabeça de Jailton, que trabalha no local desde o ano passado e que relatou ao G1, nunca ter tido qualquer desavença com clientes anteriormente.

VEJA VÍDEO DAS AMEAÇAS DO EMPRESÁRIO CONTRA O MANOBRISTA EM CAMPINAS


O manobrista contou ao portal de notícias que se sentiu impotente e assustado diante do onda de fúria que o empresário disparou contra ele. Na ocasião a Polícia Civil do estado de São Paulo foi acionada para intervir na confusão. Após o surto de raiva, Tiago foi levado do local pelo pai, antes da chegada da polícia. Ninguém foi detido.

Ainda segundo o G1, a orientação dada a Jailton foi de prestar um boletim de ocorrência diante das ameaças sofridas. “Simplesmente minha reação foi de abaixar a cabeça e ficar ouvindo tudo aquilo”. “Não desejo que ninguém passe por isso", relatou Jailton em entrevista.