PUBLICIDADE
Brasil
Noticia

Após críticas a Petra Costa, Pedro Bial pede paz

Pedro Bial diz não pedir desculpas após afirmar que Democracia em Vertigem é uma "ficção alucinante"

13:45 | 09/02/2020
NULL
NULL (Foto: )

Em artigo publicado na manhã deste domingo, 9, no O Globo, o jornalista e apresentador Pedro Bial fala: “eu não peço desculpas, nem peço que me peçam desculpas”. Foi durante uma participação na Rádio Gaúcha, que o apresentador realizou críticas ao documentário Democracia em Vertigem, indicado ao Oscar de Melhor Documentário, declarando que o longa é uma "mentira" e uma “ficção alucinante”, e também à direção de Petra Costa: “uma menina dizendo para mamãe dela que fez tudo direitinho”.

Em um dos momentos, Bial conta que o comentário que ganhou as redes e promoveu o “cancelamento” do apresentador, foi dito em um momento informal “como mesa de bar”. “Amigos, foi só uma conversa. Dessa vez, eu estava no papel de convidado, em programa matinal de rádio, informal como conversa de bar, marcado pela leveza e irreverência na abordagem dos assuntos. Palavras ditas num papo assim, transcritas para o papel, ganham peso enganoso, o sorriso na voz se perde”, declarou o jornalista, que atualmente é apresentador do programa Conversa com Bial, da Rede Globo.

Pedro Bial finaliza o artigo com: “Um filme brasileiro no Oscar é sempre bom para o Brasil. Se ganhar, melhor ainda. Viva o cinema brasileiro.”. Democracia em Vertigem é a única produção brasileira no Oscar de 2020, concorrendo na categoria de Melhor Documentário.