PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Jornalista do O POVO aparece ao lado de Glenn Greenwald em lista de LGBTs mais influentes do Brasil

Ainda na lista figuram Ludmilla, em 7º; Walcyr Carrasco, em 8º; e Gloria Groove, em 10º

15:51 | 03/02/2020
Émerson Maranhão é repórter especial e colunista do O POVO
Émerson Maranhão é repórter especial e colunista do O POVO (Foto: Sara Maia)

O jornalista Émerson Maranhão, repórter especial e colunista do O POVO, está na lista dos 50 LGBTs mais influentes do Brasil. O ranking, feito pelo site Guia Gay Brasília, contou com a drag queen Pabllo Vittar em 3º lugar, a cantora Anitta em 2º e o jornalista Gleen Greenwald em 1º. Ainda na lista figuram Ludmilla, em 7º; Walcyr Carrasco, em 8º; e Gloria Groove, em 10º.

Alagoano vivendo no Ceará há 20 anos, Émerson Maranhão é jornalista do O POVO e possui a coluna Cena G desde 2005. O espaço traz notícia sobre tudo o que envolve o meio LGBTQIA+. No ranking, ele ocupa o 48º lugar. 

Em um de seus últimos trabalhos audiovisuais, Émerson dirigiu e roteirizou o curta-metragem "Aqueles Dois". O filme teve estreia em novembro de 2018, em São Paulo, durante o 26º Festival Mix Brasil. Contando com produção executiva de Allan Deberton, o documentário narra a história de Caio José e Kaio Lemos, dois homens transgêneros que moram no Ceará.

Dentre alguns dos festivais em que o filme foi premiado está o 42º Festival Guarnicê de Cinema (São Luis/MA), 23º Florianópolis Audiovisual Mercosul e 18º Primeiro Plano - Festival de Cinema de Juiz de Fora. Na próxima semana, ele compete no 20º Festival Internacional de Cine de Lebu (Chile). O filme foi selecionado para 36 festivais internacionais e nacionais e recebeu 18 prêmios. 

Confira a lista completa abaixo:

1° Glenn Greenwald - Jornalista responsável pela série de reportagens que ficou conhecida como "Vaza Jato" e trouxe à público ações imorais de diversos políticos e membros do judiciário brasileiro, incluindo o atual ministro da justiça, Sérgio Moro. Glenn tem um prêmio Pulitzer, o mais importante reconhecimento do jornalismo no mundo. Ele também é responsável pelo portal de notícias e de jornalismo investigativo THe Intercept Brasil.
2° Anitta - A cantora se assumiu Bisexual por meio de postagens em suas redes sociais em 2019. Ela já produziu diversas parcerias nacionais e internacionais, inclusive com a cantora Madonna.
3° Pabllo Vittar - A Drag Queen se consolidou na música pop brasileira em 2018 quando emplacou cinco músicas no Top 30 Gay Brasil, ranking semanal das músicas que mais tocam nas pistas LGBTs do Brasil.
4º Toni Reis - O ativista defende a causa da diversidade sexual e de gênero há anos. Ele foi um dos articuladores que conseguiram a aprovação do Supremo Tribunal Federal (STF) para a criminalização de crimes relacionados a orientação sexual ou de gênero no Brasil.
5° Reinaldo Bulgarelli - O empresário atua no Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+ e conseguiu reunir representantes da Coca-Cola Brasil, Facebook, Intel e Itaú para discutirem o desenvolvimento de políticas internas e externas de respeito à diversidade.
6° Leo Dias - O jornalista é um dos principais nomes das notícias de entretenimento do País. Ex-apresentador do Fofocalizando, Leo teve carreira marcada por suas passagens no jornal O Dia, no UOL e mais recentemente assumindo a diretoria executiva do TV Fama.
7° Ludmilla - A cantora assumiu em 2019 a relação que mantinha com uma de suas dançarinas. Ela afirmou que chegou a perder diversos contratos e parcerias por conta disso, mas que não se arrepende em nenhum momento.
8° Walcyr Carrasco - O ator e escritor é uma das personalidades mais marcantes da teledramaturgia brasileira.
9° Pedro HMC - O Youtuber mantém um canal de informação e entretenimento voltado exclusivamente para o público LGBT
10° Gloria Groove - A cantora Drag Queen tem se consolidado cada vez mais no cenário musical nacional. Ela também criou seu próprio bloco de carnaval em São Paulo, sendo um dos maiores das festas da cidade.
11° Fernanda Gentil - A jornalista tem carreira consolidada na área de esportes na TV Globo, tendo atuado como corresponde na cobertura da Copa do Mundo na Rússia. Atualmente ela migrou para a área de entretenimento e apresenta o programa vespertino Se Joga.
12° Ricardo Sales - Idealizador da consultoria Mais Diversidade, ele atua como guia de diversas empresas atuantes no Brasil que buscam aliar as pautas sociais de igualdade e desenvolvimento econômico.
13° Fabiano Contarato - Ele foi o primeiro senador brasileiro abertamente gay eleito no país.
14° Paulo Lotti - Advogado responsável por defender o Mandado de INjunção 4733 e da Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão 26, que levaram o Supremo Tribunal Federal a equipar o ódio a LGBT ao Racismo.
15° Linn da Quebrada - A cantora trans é também ativista na pauta contra o racismo. Recentemente ganhou diversos prêmios no cinema pelo documentario Bixa Travesty e teve sua estreia na TV Globo ao participar da série Segunda Chamada, no papel de Natasha.
16° Spartakus Santiago - O youtuber negro e gay acumula mais de 70 milhões de visualizações em seus vídeos. Atualmente atua como colunista do Saia Justa, do GNT
17° David Miranda - Vereador do Rio de Janeiro. Em 2019, ele foi o primeiro parlamentar do Congresso Nacional a lutar no legislativo pelos direitos LGBTs
18° Carlinhos Maia - O influencer acumula cerca de 16 milhões de seguidores em suas redes sociais.
19° Paulo Gustavo - O ator e sua obra são considerados o maior sucesso do cinema brasileiro contemporâneo com mais de 20 milhões de espectadores da trilogia de Minha Mãe é uma Peça
20° Clovis Casemiro - Maior entidade do mundo na área do turismo especializado em público LGBT do mundo.
21° Nany People - A atriz tem mais de 30 anos de carreira e já contracenou com atores como Lília Cabral e Tony Ramos
22° Rita Von Hunty - A youtuber Drag Queen ganhou fama ao debater política e debates socioculturais em seu canal no youtube.
23° Vale dos Homossexuais - O canal é formado pelos influenciadores Dam Tavares e Henrique Silva, é um dos maiores perfis de entretenimento LGBT do Instagram no Brasil.
24° William de Lucca - Jornalista que defende as causas LGBTS amplamente, com um público de cerca de 120 mil seguidores no Twitter.
25° Eliseu Neto - Assessor parlamentar responsável pela criação de uma das ações que levaram o Supremo Tribunal Federal a incluir os crimes contra LGBTs no Brasil, no crime de Racismo.
26° Daniela Mercury - A cantora apresenta histórico de usar sua fama para falar sobre os direitos de minorias políticas
27° Luba - Youtuber com mais de 7 milhões de inscritos, dentre os temas abordados em seu canal está o respeito às diferenças sexuais e de gênero.
28° Jean Wyllys - O político chegou a sair do país devido ameaças de morte em 2018, dentre as quais.
29° Glamour Garcia - A Atriz ganhou destaque na novela A Dona do Pedaço e foi eleita atriz revelação de 2019 no Domingão do Faustão, levando um forte discurso em defesa da população trans.
30° Hugo Gloss - O influencer é um dos maiores nomes de sites de entretenimento e site de fofoca do Brasil. Seus seguidores somam cerca de 20 milhões de pessoas.
31° André Almada - O empresário é dono da marca The Week e agrega os maiores clubes gays do Rio de Janeiro e São Paulo.
32° Bruna Linzmeyer - A atriz emprega um forte discurso a favor dos direitos dos LGBTs, principalmente das mulheres lésbicas e bissexuais para seus mais de 2 milhões de seguidores nas redes sociais.
33° Lorelay Fox - A youtuber Drag Queen aborda temas de estética e maquiagem e também alguns assuntos polêmicos sobre a população LGBT em seu canal no youtube
34° Luiz Mott - Presidente do Grupo Gay da Bahia, o mais antigo do Brasil.
35° Fefito - Radialista da Jovem Pan atua sempre a favor dos direitos LGBTs no Morning Show da rádio Jovem Pan.
36° Erica Malunguinho - A deputada pelo estado de São Paulo é a primeira trans a assumir uma cadeira na assembléia legislativa paulista.
37° Reynaldo Gianecchini - O ator marca presença nas novelas da Globo há cerca de 20 anos. Em 2019, falou abertamente sobre ter relações com homens e pregou um forte discurso de respeito a todas as pessoas.
38° André Gagliano e José Vasconcellos - Os empresários são donos da rede de clubes San e Amsterdam e organizadores do San Island Weekend, um dos maiores festivais gays do Brasil.
39° Nanda Costa - A atriz recentemente passou a divulgar mais sobre sua relação com a esposa e a defender a igualdade e o respeito para com as pessoas LGBTs no mundo para seus 2,5 milhões de seguidores no instagram.
40° Lulu Santos - O cantor marcou a historia da Musica Popular Brasileira, recentemente passou a expor sua relação com o atual marido, ganhando grande apoio do público. LUlu é um dos jurados do The Voice Brasil, reality musical.
41° Majur - A cantora não-binário começou cantando em bares de Salvador e já chegou a cantar para o Caetano Veloso em sua própria casa.
42° Pedro Alves - Ator de destaque em Malhação, ele aproveitou a fama da novela para exaltar o discurso sobre aceitação de sua própria sexualidade.
43° Matheus Ribeiro - O jornalista goiano ganhou destaque ao apresentar o Jornal Nacional durante a rodada de apresentadores feitas no telejornal no fim de 2019. Ele foi o primeiro homem abertamente gay a apresentar o jornal.
44° Phelipe Cruz - O comentarista oficial do Grammy pela TNT e pela especialidade de produzir conteúdo autoral sobre entretenimento para o Papel Pop, grande site do segmento.
45° Hugo Bonemer - O ator participou da edição do Dança dos Famosos em 2019 no programa Domingão do Faustão e durante sua participação propagou o discurso de respeito à diversidade.
46° Pedro Figueiredo - O jornalista faz a cobertura de temas do cotidiano da cidade do Rio de Janeiro e é referência nas redes sociais por desde o início de sua carreira, se declarar abertamente gay.
47° Maite Schneider - Cofundadora do Transempregos, meio de inserção de pessoas trans no mercado de trabalho.
48° Émerson Maranhão - Jornalista cearense, escritor da única coluna LGBT semanal em jornal impresso do Brasil. Émerson também marcou presença em diversos festivais de cinema do mundo com seu premiado curta metragem "Aqueles Dois", sobre a história de dois homens trans no Ceará.
49° Duda Salabert - Ela foi a candidata do Psol com mais votos na história do partido. A mulher trans pretende ser candidata a prefeitura de Belo Horizonte.
50° Thales Sabino - O jornalista é dono do principal clube LGBT do Distrito Federal, a casa de shows Victoria Haus