PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Cearense que estava com suspeita de coronavírus em Curitiba tem caso descartado

O homem de 29 anos estava em Curitiba a negócios e havia passado pela China há algumas semanas, segundo a Secretaria de Saúde do Paraná

23:00 | 29/01/2020
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante entrevista coletiva para atualizar o boletim sobre o novo coronavírus da China
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante entrevista coletiva para atualizar o boletim sobre o novo coronavírus da China (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Um cearense de 29 anos, natural de Fortaleza, teve caso de coronavírus descartado pela Secretaria da Saúde de Curitiba. O homem, que estava na capital do Paraná a negócios, havia dado entrada em um hospital particular da cidade com sintomas semelhantes ao do vírus.

Segundo informações da Secretaria da Saúde, a suspeita se deu por ele ter viajada para a China há poucas semanas. Por isso, ele ficou internado no Hospital de Clínicas de Curitiba. A presença do vírus foi descartada ainda na noite dessa terça, 28, com diagnóstico de influenza B. O caso estava entre os nove anunciados como suspeito pelo Ministério da Saúde (MS) durante coletiva na tarde desta quarta-feira, 29.

Conforme o MS, já são 33 casos do novo coronavírus notificados no Brasil, quatro descartados e 20 excluídos até o momento, além dos nove suspeitos. Com a suspeita no Paraná descartada, os casos possíveis descem para oito. Novo Boletim Epidemiológico será divulgado nesta quinta-feira, 30.

O quadro foi descartado clinicamente devido ao período de incubação e manifestação de sintomas, que passou de 15 dias. "Exames laboratoriais estão sendo realizados para que haja notificação oficial ao Ministério da Saúde", informa a Secretaria da Saúde do Paraná.

Suspeita no Ceará

Um jovem de 27 anos está internado em Sobral por suspeita de coronavírus. Ele passou três meses na China e voltou ao município cearense no último dia 17 de janeiro, segundo informações da Secretaria da Saúde de Sobral.

Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) confirmou o caso por meio de nota. "[O paciente] Foi medicado e está internado, em observação e isolamento respiratório. O quadro clínico dele é estável", diz.