PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Brasil garante mais um ouro e prata no Atletismo Paralímpico de Dubai

13:56 | 08/11/2019

O paulista Júlio César Agripino dos Santos conquistou o primeiro ouro para o Brasil, no segundo dia do Mundial de Atletismo Paralímpico, em Dubai, nos Emirados Árabes. No início da tarde de hoje (8), ele venceu a prova masculina dos 1500m T11 (deficiência visual) ao completar o percurso em 4m07s02, deixando para trás o queniano Samwel Mushai Kimani (4m08s47). Em terceiro lugar, com o bronze, ficou o polonês Aleksander Kossakowski (4m08s71).

Antes, o rondoniense Mateus Evangelista Cardoso, faturou a prata no salto em distância classe T37 (paralisados cerebrais) ao cravar 6m10, ficando apenas 13cm do vencedor, o chinês Peng Zhou, que levou o ouro. O bronze ficou com o ucraniano Vladyslav Zahrebelnyi (6m07).

O Brasil ocupa agora a quarta posição na classificação geral com quatro medalhas (dois ouros, um prata, um bronze). A China lidera com seis medalhas (três ouros e três pratas), seguida da Finlandia, com três (três ouros).

Final dos 400m T47 masculina

O segundo dia de provas também foi ótimo para outros três brasileiros, que se classificaram para a final masculina dos 400m masculino classe T47 (deficiência nos membros superiores).  O paraibano Petrúcio Ferreira dos Santos avançou com o tempo de 49s09; o  paulista Thomaz Ruan de Moraes, com 49s96; e o alagoano Yohansson Nascimento cravou 51s35.   A final será neste sábado (9), às 12h33 (horário de Brasília).

Mais de 1.400 atletas de 120 países participam da nova edição do Mundial de Atletismo Paralímpico, em Dubai.  O Time Brasil tem 43 atletas (29 homens e 14 mulheres).  A competição prossegue até 15 de novembro.