PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Santos vence Ceará de virada na Vila Belmiro

21:35 | 17/10/2019

em o peso de uma sequência de resultados negativos nas costas, o Ceará se comportou bem diante do Santos-SP ontem à noite na Vila Belmiro. O resultado positivo, porém, não veio e o Alvinegro não conseguiu evitar nova derrota no Brasileirão.

O Vovô perdeu de virada para o Santos, por 2 a 1, e ficou estacionado nos 26 pontos, ficando fora da zona de rebaixamento, mas com a mesma pontuação do CSA-AL, primeiro clube atualmente no Z-4.

O resultado que poderia ser considerado normal teve gosto amargo pelas condições da partida. O Alvinegro tirava um ponto do Peixe até os 38 minutos do segundo tempo. O derradeiro gol veio de bola aérea mesmo quando o Vovô tinha três zagueiros em campo.

É possível dizer que foi a melhor apresentação do Ceará sob o comando de Adílson Batista. Especialmente no primeiro tempo, o time se manteve fiel ao plano de jogo, que consistia em tirar os espaços do intenso ataque santista e jogar em contra-golpes rápidos. Desta forma, as melhores chances do primeiro tempo foram do Vovô.

Gols do Santos diante do Ceará foram marcados por Eduardo Sasha e Gustavo Henrique
Gols do Santos diante do Ceará foram marcados por Eduardo Sasha e Gustavo Henrique (Foto: Santos FC/ Twitter/ Divulgação)

O placar foi aberto aos 15 minutos, numa escapada de Felipe Baxola, que rolou para Lima, na intermediária, dominar, limpar do marcador e bater colocado. A curva que a bola fez tirou o goleiro Everson da jogada.

O Santos havia iniciado a partida sem dois laterais de origem, mas, no segundo tempo, o técnico Jorge Sampaoli lançou Pará e Jorge. O Peixe cresceu e passou a pressionar mais e mais. Com cerca de 15 minutos, a posse de bola chegou a ser de 75% do alvinegro praiano.

Antes disso, aos quatro, Baxola poderia ter ampliado o placar, quando recebeu bola na grande área, girou e finalizou. Everson fez milagre, espalmando para escanteio. Depois disso, Diogo Silva virou o protagonista, dada a pressão santista. O gol de empate saiu aos 10, em cruzamento de Carlos Sánchez e cabeçada de Eduardo Sasha.

O tempo avançava e Adílson Batista, a exemplo de outras partidas, demorava a mexer no time. A primeira alteração veio aos 31, com Juninho Quixadá na vaga de Galhardo. O meia-atacante teria boa oportunidade de empatar no fim — pegou rebote de Everson aos 46 e chutou pra fora —, mas, de resto, pouco acrescentou. Pouco tempo depois, Valdo foi lançado na vaga de Fabinho. Com três zagueiros, o Ceará deixava claro que não abriria mão daquele empate.

Tudo caminhava dentro dos planos, até que o zagueiro rival Gustavo Henrique se mandou para o ataque, em busca de uma bola aérea. Ela surgiu aos 38, em novo cruzamento de Sánchez. Um toque de cabeça para as redes decretou a virada.

 

Ficha técnica

Santos 2x1 Ceará
Santos: 4-3-3: Everson; Diego Pituca, Luan Peres (Jorge), Gustavo Henrique e Lucas Veríssimo; Evandro (Jean Mota), Jobson (Pará), Carlos Sánchez; Soteldo, E. Sasha, Tailson. Téc: Jorge Sampaoli

Ceará: 4-4-2: Diogo Silva; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e João Lucas; Fabinho (Valdo), Pedro Ken, William Oliveira e Lima (Bergson); Felipe Baxola e T. Galhardo (J. Quixadá). Téc: Adilson Batista.

Local: Vila Belmiro, em Santos-SP

Data: 17/10/2019

Horário: 19h15min

Árbitro: Rafael Traci-SC

Assistentes: Guilherme Dias-MG e Jhonny Barros-SC

Cartões amarelos: Jobson, Sánchez, Gustavo Henrique (SAN) William Oliveira, Galhardo, Fabinho, Samuel Xavier (CEA)

Renda: não divulgado

Público: não divulgado