PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Semana Nacional de Trânsito é lançada em Brasília

19:17 | 12/09/2019

O governo federal lançou hoje (12) a Semana Nacional de Trânsito, campanha voltada para a conscientização da sociedade sobre um trânsito seguro e que tem por objetivo reduzir o número de acidentes no trânsito. Este ano, o tema é "No Trânsito o Sentido é a Vida" e a semana ocorrerá no período de 18 a 25 de setembro. No Brasil morrem, por ano, mais de 35 mil pessoas.

De acordo com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, as ações se enquadram no compromisso assumido pelo país internacionalmente de reduzir, no período de 2011 a 2020, em 50% as mortes causadas por acidentes de trânsito.

"Se nós, de fato, estamos preocupados com a segurança no trânsito, podemos medir isso pelo tempo que estamos dedicando ao assunto e eu confesso que dá pra dedicar mais tempo ao assunto. Há espaço para melhorar a nossa atuação, para fazer mais, trazer resultados, e isso significa salvar vidas", disse o ministro durante a cerimônia de lançamento da semana.

A ideia é envolver diretamente a sociedade nas ações e propor uma reflexão sobre as ações que cada um pode fazer para construir um trânsito mais seguro. A mensagem será divulgada em peças publicitárias nos meios de comunicação social. O material publicitário da campanha está disponível na página do ministério.

Motociclistas

Dados apresentados pelo diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) mostram que no período de 2009 a 2018, foram concedidas mais de 485 mil indenizações do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT), o seguro do trânsito. Em valores, o montante ultrapassou R$ 4,5 milhões. Os dados mostram que os motociclistas foram os que mais sofreram acidentes, com R$ 3,2 milhões de indenizações pagas pelo seguro e cerca de 200 mil mortes em pessoas envolvidas com esses acidentes.

Segundo o diretor do Denatran, Jerry Adriane Dias, atualmente a frota de motocicletas no país é de cerca de 26 milhões. O número representa 27% da frota nacional, mas responde por 75% das indenizações. De acordo com o diretor, os ciclistas serão o principal foco das ações até dezembro, depois será a vez dos motociclistas, cuja atenção será redobrada até o final de abril de 2020.

"Vamos fazer um contato mais próximo com as entidades públicas e privadas para divulgação do material [da semana] para ter certeza de que esse movimento vá se tornar uma realidade lá na ponta. Principalmente focando nos mais frágeis no trânsito, os motociclistas, que são hoje os que mais sofrem as consequências com a violência no trânsito", disse.

Mudança

De acordo com o secretário Nacional de Transportes Terrestres, Jamil Megid, o governo está estudando promover mudanças na legislação e na sinalização para tornar o trânsito mais seguro. Entre as ações previstas está a inserção do tema educação para o trânsito no currículo das escolas de ensino fundamental . "Temos um trabalho em curso com o Ministério da Educação para que [o tema] seja adotada na grade curricular das escolas de ensino fundamental e que seja aprendido as principais regras sobre conduta e respeito no trânsito", disse.

Prevista pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a Semana Nacional de Trânsito tem a finalidade de conscientizar a sociedade, com vistas à internalização de valores que contribuam para a criação de um ambiente favorável ao atendimento de seu compromisso com a “valorização da vida” focando o desenvolvimento de valores, posturas e atitudes, no sentido de garantir o direito de ir e vir dos cidadãos.