PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Morre aos 88 anos João Gilberto, um dos papas da bossa nova

00:07 | 09/07/2019
Figura controversa, considerado excêntrico por alguns, a genialidade musical do baiano permanece indiscutível. Sua gravação de "Chega de saudade" foi o nascimento oficial do novo gênero musical brasileiro em 1958.O legendário cantor e compositor brasileiro João Gilberto, um dos criadores da bossa nova, morreu neste sábado (06/07), no Rio de Janeiro, aos 88 anos, informou um dos filhos do artista. "Meu pai faleceu. Sua luta foi nobre, ele tentou manter a dignidade à luz da perda da sua autonomia", escreveu no Facebook João Marcelo, que vive nos Estados Unidos. Nascido em Juazeiro, Bahia, em 10 de junho de 1931, João Gilberto partiu para o Rio na década de 50 para integrar o conjunto Garotos da Lua. Pouco mais tarde, seu nome será citado lado a lado com o de Tom Jobim na história da bossa nova: seu compacto de 1958, com Chega de saudade e Bim bom, é citado como nascimento oficial do gênero inovador, que combinava influências afro-brasileiras e jazzísticas. Além de seu estilo minimalista, discreto, de cantar, são suas harmonias e a batida de violão que definirão a originalidade da bossa nova, influenciando gerações de cantores, compositores, instrumentistas e arranjadores, no Brasil e no resto do mundo. Apesar de sua genialidade como músico, João Gilberto permaneceu uma figura controversa, considerado excêntrico e obsessivo por alguns – uma fama reforçada no fim de sua carreira pelos concertos anunciados com grande antecipação, mas cancelados na última hora. Há anos de saúde debilitada, o aclamado músico brasileiro morreu em seu apartamento no bairro carioca da Gávea. Ele vivia sozinho e estava profundamente endividado, com os familiares disputando sua curatela. AV/afp,lusa,ots _______________ A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | App | Instagram | Newsletter

Fonte: DW | dw-world.de

TAGS