PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Perdeu as notícias da semana? Confira o que foi destaque no O POVO Online

Joice Hasselmann comenta Reforma da Previdência, idoso preso suspeito por tráfico e discussão de manifestantes pró-Bolsonaro estão entre as mais lidas

11:28 | 06/07/2019
A DEPUTADA participou na noite de ontem em Fortaleza de evento com empresários
A DEPUTADA participou na noite de ontem em Fortaleza de evento com empresários(Foto: Alex Gomes/Especial para O Povo)

Em entrevista à rádio O POVO CBN, a deputada federal Joice Rasselmann (PSL/SP) culpou governadores do estados da região Nordeste pelo desgaste sofrido pela Reforma da Previdência.

No aeroporto de Lisboa, o comerciante José Pereira, de 71 anos, foi preso suspeito de tráfico internacional de drogas. Ele viajava de Belém a Paris com a esposa.

Houve discussão de manifestantes durante ato favorável ao presidente Jair Bolsoanaro (PSL), a Lava Jato e outras pautas. O evento foi realizado na Praça Portugal, em Fortaleza, no último domingo.

Confira os destaques do O POVO Online na semana (28/06 a 05/07)

Joice Hasselmann culpa governadores do Nordeste por desgaste da Reforma da Previdência (1º/07)

Joice Hasselmann   Deputada federal (PSL-SP) e líder do Governo no Congresso Nacional
Joice Hasselmann Deputada federal (PSL-SP) e líder do Governo no Congresso Nacional (Foto: Marcelo GuanaBara)

Líder do governo Jair Bolsonaro no Congresso Nacional, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL/SP), em entrevista à rádio O POVO CBN, culpou os governadores do Nordeste pelo desgaste sofrido pela Reforma da Previdência. Ela esteve em Fortaleza para o Fórum Industrial Ideias em Debate, promovido pela Federação das Indústrias do Estado (Fiec).

"Nós tivemos um desgaste muito grande pelos partidos da oposição e que comandam os estados do Nordeste. Desde o início, os partidos dos governadores do Nordeste atacaram e muito a Reforma, fizeram ampla campanha contra. E esse ataque duro à Reforma fez com que outros deputados de outros partidos de centro não votassem para inclusão de estados e municípios. Foi um efeito bumerangue", explicou.

"Quando os governadores viram que o discurso se voltou contra eles, bateu aquele desespero porque é realmente ruim estados e municípios ficarem fora da nova Previdência", continuou a deputada. "Acontece que a coisa está aos 48 minutos do segundo tempo e há um prazo limite até amanhã para que esses governadores se comprometam a colocar voto. Sem a nova Previdência o País quebra".

Família defende idoso preso suspeito de traficar 11 quilos de cocaína de Fortaleza a Lisboa (02/07)

José e a esposa iam de Belém a Paris
José e a esposa iam de Belém a Paris (Foto: Arquivo Pessoal)

O comerciante José Pereira, de 71 anos, foi preso suspeito de tráfico internacional de drogas no aeroporto de Lisboa, no último dia 15 de maio. Ele viajava de Belém a Paris com a esposa. À Rede Globo, a família defendeu o idoso, alegando que as malas foram trocadas.

A polícia encontrou uma mala azul, com 11 quilos de pasta base de cocaína que, segundo as autoridades, seria do comerciante. Aos sair de Belém, a mala, que seria levada na cabine, foi despachada a pedido da companhia aérea Gol.

"Meu pai não tem necessidade de cometer um crime desse tipo, ele é inocente”, disse a filha de José, Leila Pereira. "O que sabemos é que ele está emocionalmente abalado. Ele tem problemas de saúde. Tenho certeza que ele é inocente, sempre foi um homem batalhador”, contou ela ao Fantástico.

Na quarta-feira, 3, o idoso foi posto em liberdade pela Justiça portuguesa.

Manifestantes pró-Bolsonaro discutem durante protesto em Fortaleza (30/06)

FORTALEZA, CE, BRASIL. 30-06-2019: Manifestação pró-Bolsonaro na Praça Portugal (Fotos: Deísa Garcêz/Especial para O Povo)
FORTALEZA, CE, BRASIL. 30-06-2019: Manifestação pró-Bolsonaro na Praça Portugal (Fotos: Deísa Garcêz/Especial para O Povo) (Foto: Deisa Garcêz /especial para o povo )

Momento de tensão marcou o início da manifestação organizada por grupos de direita na tarde do último domingo, na Praça Portugal, em Fortaleza. Um grupo tentou abrir uma faixa que pedia por intervenção militar e foi impedido por outros manifestantes pró-Bolsonaro. Durante o confronto, um homem era empurrado enquanto insistia para empunhar o cartaz. As pessoas no entorno riam e registravam a discussão nos celulares.

Amanda Martins, líder do Movimento Consciência Patriótica, justificou que o motivo da confusão foi a divergência de pautas. “Não defendemos intervenção. Até porque sabemos que isso tiraria do poder o nosso presidente, que nós elegemos democraticamente”, explicou.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Momento de tensão marca o início da manifestação organizada por grupos de direita na tarde deste domingo, na Praça Portugal, em Fortaleza. Um grupo tentou abrir uma faixa que pedia por intervenção militar e foi impedido por outros manifestantes pró-Bolsonaro. Durante o confronto, um homem era empurrado enquanto insistia para empunhar o cartaz (ver vídeo). As pessoas no entorno riam e registravam a discussão nos celulares. Amanda Martins, líder do Movimento Consciência Patriótica, justifica que o motivo da confusão foi a divergência de pautas. “Não defendemos intervenção. Até porque sabemos que isso tiraria do poder o nosso presidente, que nós elegemos democraticamente”, explicou. Segundo os organizadores, 15 mil pessoas participam do ato, que iniciou por volta das 16 horas. Eles defendem a Operação Lava Jato e o Governo Bolsonaro. (Vídeo: Henrique Araújo/ OPOVO)

Uma publicação compartilhada por O POVO Online (@opovoonline) em

Segundo os organizadores, 15 mil pessoas participam do ato. Eles defendem a Operação Lava Jato e do Governo Bolsonaro.

Enel diz que não realiza devolução do ICMS cobrado na conta de energia elétrica (29/06)

Companhia informa que atua apenas na arrecadação da taxa seguindo determinações da legislação estadual
Companhia informa que atua apenas na arrecadação da taxa seguindo determinações da legislação estadual (Foto: O POVO )

Em meio a informações sobre uma possível devolução do valor do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviço (ICMS), cobrado nas contas de energia elétrica, a Enel Distribuição Ceará informou ao O POVO Online que não realizará restituição. Empresa justifica que atua simplesmente na arrecadação da taxa, seguindo determinações de leis estaduais. Segundo a companhia, as pessoas que se sentirem lesadas na cobrança devem procurar o Estado.

Hoje, a cobrança de ICMS existente nas faturas de energia gira em torno de 27%. No entanto, de acordo com o gerente de atendimento da Enel, Ranier Lima, caso haja ações no sentido de solicitar a isenção e o ressarcimento do valor pago, cearenses não devem procurar a companhia. “Não adianta o cliente chegar na loja de atendimento da Enel com a expectativa de receber dinheiro”, explicou em entrevista ao O POVO Online.

Prefeitura de Fortaleza fará concurso para a Secretaria de Finanças e IJF-2 (1º/07)

Philipe Nottingham
Philipe Nottingham (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Finanças de Fortaleza terá concurso público, ainda neste ano, para auditores e analistas do tesouro. O prefeito Roberto Cláudio já autorizou o levantamento do número de vagas e a elaboração do edital, informa o secretário municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão, Philipe Nottingham.

Além desse certame, virá também um concurso complementar para o IJF-2, que deve estar na ativa integralmente no começo de 2020. “A gente ainda vai contratar cerca de 500 novos profissionais para o Instituto. Já temos um concurso feito, com cadastro de reserva para o IJF-2, mas vamos precisar de enfermeiros e médicos intensivistas”, adianta o secretário.

O número de vagas para esses profissionais entrou em estudos e o certame, de acordo com Nottingham, sairá no segundo semestre deste ano “porque queremos efetivar esse grupo logo em 2020”.

Redação O POVO Online