PUBLICIDADE
NOTÍCIA

No Dia do Cinema Brasileiro, podcast Recorte discute: há motivos para celebrar?

20:19 | 19/06/2019
Cenas do filme Bacurau
Cenas do filme Bacurau(Foto: Divulgação)

Era 1898. Um ítalo-brasileiro chamado Afonso Segreto fez algumas imagens da Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro. Considerado o primeiro cinegrafista e diretor brasileiro, ele estava a bordo do navio francês Brésil. Não há muita exatidão sobre o assunto, mas, para boa parte dos amantes de cinema nacional, o ato de Afonso naquele 19 de junho marca a primeira filmagem em território nacional e delimita o Dia do Cinema Brasileiro.

Listen to "#95 - Há motivos para celebrar o Dia do Cinema Brasileiro?" on Spreaker.

De lá para cá, entretanto, muito mudou na forma como o audiovisual é feito por aqui. E, hoje, o Recorte pergunta: em pleno 2019, há motivos para comemorar o Dia do Cinema Brasileiro? Maísa Vasconcelos e Ítalo Coriolano recebem os jornalistas André Bloc, membro da Associação Cearense de Críticos de Cinema (Aceccine) e Cinthia Medeiros, editora-executiva do núcleo de Cultura e Entretenimento do O POVO.

Com episódios de segunda a sexta, o Recorte é o podcast analítico do Grupo de Comunicação O POVO e traz informações sobre assuntos relevantes de cada dia, com participação de repórteres e editores da Casa.

Para ouvir, basta acessar as principais plataformas de streaming de áudio, como Spotify, Deezer, Spreaker e agregadores de podcasts no Android e iOS.

Disponível em outras plataformas RSS feed: http://bit.ly/recortfeed

Assine o podcast no iTunes (e avalia a gente): http://bit.ly/recortrssapple

Segue a gente no Spotify: http://bit.ly/recortspotf

Segue a gente no Deezer: http://bit.ly/recotdeez

Redação O POVO Online