Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Rebeca Andrade é prata no individual geral da ginástica artística e faz história em Tóquio

A conquista da paulista de 22 anos entra para a história como o primeiro pódio olímpico da equipe feminina do Brasil em uma edição dos Jogos
09:57 | Jul. 29, 2021 Autor - Lucas Mota Tipo Notícia

A ginasta brasileira Rebeca Andrade deu show na final do individual geral e conquistou a medalha de prata na Olimpíada de Tóquio, na manhã desta quinta-feira, 29. A conquista da paulista de 22 anos entra para a história como o primeiro pódio olímpico da equipe feminina do Brasil em uma edição dos Jogos.

+ "Enquanto você dormia dia 6": bronze no judô, frustração na canoagem e recordes na natação

A prata foi garantida com o somatório de 57.298 pontos de Rebeca nos quatro aparelhos do individual geral. A brasileira fez 15.300 e 14.666 no salto e nas barras assimétricas, respectivamente, nas duas primeiras apresentações. Ela fechou a participação na prova com as seguintes notas na trave e no solo: 13.700 e 13.666.

O pódio foi completado pela norte-americana Sunisa Lee, ouro com 57.433 pontos, e pela russa Angelina Melnikova, bronze com 57.199. Rebeca ainda disputará nesta Olimpíada mais duas finais: salto e solo. Do Time Brasil feminino, Flavinha Saraiva disputará a decisão na trave.

A final na prova individual geral ficou marcada também pela ausência de Simone Biles. A norte-americana, considerada a principal atleta do esporte, desistiu de competir a prova alegando pressão e citando cuidados com a saúde mental.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags