PUBLICIDADE
Olimpíadas
NOTÍCIA

Após eliminação na Olimpíada, cearense Silvana Lima agradece apoio da torcida em Paracuru

Ela foi eliminada na madrugada deste domingo, 27, nas quartas de final ao ser derrotada pela norte-americana Carissa Moore, número 1 do ranking mundial na modalidade

Lucas Mota
08:22 | 27/07/2021
Silvana Lima perdeu para Carissa Moore nas quartas de final do surfe na Olimpíada (Foto: Olivier MORIN / AFP)
Silvana Lima perdeu para Carissa Moore nas quartas de final do surfe na Olimpíada (Foto: Olivier MORIN / AFP)

Cearense natural de Paracuru, Silvana Lima agradeceu o apoio dos amigos e familiares que se reuniram na casa da atleta em sua cidade natal, no litoral do Ceará, para torcer pela surfista, que competiu na Olimpíada de Tóquio. Ela foi eliminada na madrugada deste domingo, 27, nas quartas de final ao ser derrotada pela norte-americana Carissa Moore, número 1 do ranking mundial na modalidade.

"Muito obrigada a todos, amo vocês. Tenho orgulho de ser paracuruense e de ser dessa família incrível. Não foi o resultado que gostaria, queria estar brigando pela medalha, mas agradeço muito pela energia positiva", disse Silvana Lima em vídeo gravado para a torcida.

Clique na imagem para abrir a galeria

Ao longo dos 30 minutos de bateria, Silvana esteve sempre atrás da americana. Carissa Moore chegou a abrir uma diferença de quase 6 pontos, eliminando as esperanças da brasileira pela semifinal.

A brasileira tem 36 anos, é duas vezes vice-campeã do circuito mundial (2008 e 2009) e recentemente concedeu entrevista às Páginas Azuis do O POVO.

Durante a participação de Silvana em Tóquio, amigos e familiares se reuniram na casa dela para torcer pela surfista. Veja abaixo a festa da torcida da cearense quando ela se classificou para as quartas de final: