PUBLICIDADE
Olimpíadas
Noticia

Olimpíada: Confira os horários do surfe, com final antecipada por previsão de tufão

O Brasil segue na disputa do surfe com Gabriel Medina, Ítalo Ferreira e a cearense Silvana Lima

12:18 | 26/07/2021
Italo, Medina e Silvana segue na disputa do surfe olímpico  (Foto: WSL)
Italo, Medina e Silvana segue na disputa do surfe olímpico (Foto: WSL)

Com três brasileiros da disputa, o surfe teve sua final antecipada nas Olimpíadas de Tóquio pela previsão de um tufão que se aproxima de Tóquio. A organização das Olimpíadas a final deve acontecer na madrugada desta terça-feira, 26, horário de Brasília, logo após as disputas das quartas e semifinais. Confira como fica os horários dos confrontos.

A cearense Silvana Lima está classificada para as quartas de final no surfe feminino. Amigos e familiares se reuniram em Paracuru para torcer por ela. Veja vídeo

+Olimpíadas de Tóquio: Gabriel Medina lidera bateria e avança no surfe

No masculino, Gabriel Medina e Ítalo Ferreira tentam chegar às finais, momento em que podem se enfrentar. A cearense Silvana Lima também continua na corrida pelo pódio. A outra surfista na categoria feminina, Tatiana Weston-Webb, foi eliminada nas oitavas. 

+Olimpiadas de Tóquio: Italo Ferreira vence oitavas de final do surfe

Veja os horários do surfe olímpico:

Segunda-feira, 26
19h - Quartas de final masculina
21h24 - Quartas de final feminina
23h48 - Semifinal masculina

Terça-feira, 27
01h - Semifinal feminina
02h16 - Decisão do bronze masculino
03h01 - Decisão do bronze feminino
03h46 - Final masculina
04h31 - Final feminina

Confira os confrontos das quartas no surfe:

- Masculino

Kanoa Igarashi (JAP) x Kolohe Andino (EUA)
Gabriel Medina (BRA) x Michel Bourez (FRA)
Ítalo Ferreira (BRA) x Hiroto Ohhara (JAP)
Lucca Mesinas (PER) x Owen Wright (AUS)

- Feminino

Bianca Buitendag (AFS) x Yolanda Hopkins (POR)
Brisa Hennessy (CRC) x Caroline Marks (EUA)
Carissa Moore (EUA) x Silvana Lima (BRA)
Amuro Tsuzuki (JAP) x Sally Fitzgibbons (AUS)

O tufão tem previsão de enfraquecer antes de chegar no Japão, previsto para terça-feira. Alguns esportes tiveram que ser remarcado, como remo e tiro com arco. A organização das Olimpíadas ressaltou que não há motivo para preocupação. 

LEIA MAIS| Tóquio 2020: Tempestade tropical se forma e deve gerar boas ondas para o surfe

O movimento da costa japonesa já vinha sendo monitorado nos últimos dias e, portanto, o evento natural já era aguardado. De acordo com o Polar Operational Environmental Satellites (Satélites Ambientais Operacionais Polares), dois tufões se formaram no leste asiático e um deles, classificado como In-fa, deve influenciar nas condições do tempo em Tóquio.