PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Por que o handebol feminino da Noruega foi multado por não usar biquíni?

Com multa no valor de R$ 9,2 mil, a seleção feminina de handebol da Noruega foi multada por fugir das regras e não usar biquíni; entenda o caso ocorrido no Campeonato Europeu do esporte

01:04 | 23/07/2021
Time feminino de handebol da Noruega é multado por não usar biquíni durante partida contra a Espanha (Foto: (Foto: Reprodução: Twitter))
Time feminino de handebol da Noruega é multado por não usar biquíni durante partida contra a Espanha (Foto: (Foto: Reprodução: Twitter))

A seleção feminina de handebol de praia da Noruega foi multada em 1,5 mil euros (R$ 9,2 mil), pela Federação Europeia de Handebol (IHF), por fazer o uso de shorts para disputar uma partida do Campeonato Europeu de Handebol 2021. O valor da multa foi totalizado pelo valor de 150 euros por jogadora.

Segundo os regulamentos da federação, as mulheres devem usar biquíni com uma largura lateral máxima de 10 centímetros e com o "corte em um ângulo ascendente em direção à parte superior da perna". Enquanto os homens devem usar calções "não muito folgados" e 10 centímetros acima dos joelhos.

De acordo com o Washington Post, a equipe feminina justificou que os uniformes atuais não são ideais para os movimentos que o esporte exige. O presidente da Federação Norueguesa de Handebol se posicionou em defesa das atletas. “Isso deveria ser uma escolha livre dentro de um padrão definido. A coisa mais importante é que as atletas se sintam confortáveis usando seus uniformes”, afirmou Kare Geir Lio.

Além disso, a chefe da Federação de Handebol da Noruega, Kare Geir Lio, também se posicionou a favor do time feminino, ressaltando que a exigência para as jogadoras usarem biquínis torna difícil recrutar mulheres para o esporte.

Vale destacar que não é a primeira vez que o uniforme feminino vira alvo de debate. Há anos a questão vem sendo discutida por atletas do esporte que não se sentem confortáveis com o traje. Após o ocorrido, a equipe ainda não decidiu se as mulheres usarão shorts novamente.

Mais sobre machismo no esporte